Conteúdo Principal
Publicado em: 18/06/2024 - 08h00 Atualizado em: 18/06/2024 - 10h04 Tags: Casamento; coletivo; Juazeirinho

Casamento Cidadão: juíza vai celebrar união de 19 casais em Juazeirinho

Casais da Região do Cariri paraibano estão sendo beneficiados com o Projeto ‘Casamento Cidadão’, que promove a união de casais em condição de vulnerabilidade social. Com esse propósito, nesta quarta-feira (19), a juíza titular do 3º Juizado Auxiliar Cível da Comarca de Campina Grande e que responde pela Vara Única de Juazeririnho, Ivna Mozart Bezerra Soares, vai realizar uma cerimônia reunindo 19 casais no Município de Juazeirinho. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura local.

Dos 19 casais, nove são custeados pelo Projeto Casamento Cidadão e o restante pelo Poder Executivo de Juazeirinho/PB. A Prefeitura ainda garantirá, para o dia do evento, um espaço para a realização da cerimônia, equipamentos de som, decoração e música.

Imagem da juíza Ivna Mozart Bezerra Soares
Juíza Ivna Mozart Bezerra Soares

“O casamento é um direito fundamental de todas as pessoas, independentemente de sua renda. Garantir o registro gratuito de casamentos para cidadãos de baixa renda é uma forma de promover a igualdade de acesso a esse direito, permitindo que todos os indivíduos tenham a mesma oportunidade de formalizar suas relações afetivas e obter os benefícios legais e sociais do casamento”, comentou Ivna Mozart.

Já a registradora civil do Município, Maria Auxiliadora Anderson, disse que “Juazeirinho é sede de Comarca de primeira entrância e que foram disponibilizados 24 casamentos, para serem utilizados no decorrer deste ano, por famílias que recebam o Loas (Lei Orgânica da Assistência Social) ou tenham inscrição no CadÚnico”, informou.

Casamento Cidadão - Este foi um projeto apresentado pela Associação dos Registradores Civis de Pessoas Naturais (Arpen-PB) ao Conselho Gestor do Fundo de Apoio do Registro das Pessoas Naturais das Pessoas da Paraíba (Farpen) e por este aprovado. A proposta considerou as entrâncias das serventias para estabelecer a quantidade de casamentos a ser ressarcida. O próprio registrador civil poderá ofertar o casamento civil à população carente da cidade.

Por Fernando Patriota

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611