Conteúdo Principal
Publicado em: 10/02/2020 - 16h55 Atualizado em: 10/02/2020 - 17h18 Tags: Metas CNJ

Comissão do TJPB para o cumprimento das Metas do CNJ realiza primeira reunião ordinária de 2020

Os membros da Comissão das Metas Nacionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), referentes ao Tribunal de Justiça da Paraíba, realizaram a 1ª reunião ordinária de trabalho para discutir as ações a serem desenvolvidas ao longo do ano. O encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), na sala de reuniões do gabinete da Presidência do TJPB. 

Participaram o gestor das Metas, desembargador João Benedito da Silva, a juíza-corregedora, Silmary Alves de Queiroga Vita, o assessor da vice-Presidência, Rodrigo Antônio Nóbrega, o magistrado coordenador das Metas 1 e 2, Jailson Shizue Suassuna, o coordenador da Meta 4, juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, o juiz coordenador da Meta 6, Eduardo José de Carvalho, a juíza coordenadora da Meta 8, Graziela Queiroga de Sousa, e a gerente de Pesquisa e Estatística, Renata Grigório.

O desembargador João Benedito explicou que na reunião foram discutidas questões administrativas referentes ao cumprimento das metas, os resultados obtidos no ano de 2019 e que estão com as expectativas otimistas para este ano, tendo em vista os trabalhos terem iniciado mais cedo. O magistrado salientou que a Gerência de Pesquisa e Estatística apresentou o resultado final das Metas de 2019. “No âmbito do Tribunal de Justiça, nós cumprimos, de um modo geral, todas as metas”, ressaltou.

Ele destacou, ainda, o acréscimo das Metas 9 e 12, a primeira refere-se à integração do Judiciário à agenda 2030, documento das Organizações das Nações Unidas, envolvendo os países-membros para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável, e a segunda trata-se de impulsionar os processos relacionados com obras públicas paralisadas.

“A Meta 12 ainda trouxe algumas indagações que foram objetos de questionamentos do subcomitê Nordeste da Rede de Governança Colaborativa da Justiça Estadual, cujas atividades estão sendo coordenadas, atualmente, pela Paraíba, por meio da doutora Renata Grigório. Este órgão congrega os noves estados nordestinos e cada região do país possui um Comitê. Eles se reúnem, discutem a matéria e levam ao conhecimento do Comitê Nacional que, por sua vez, encaminha para o CNJ para dirimir as dúvidas”, explicou o gestor das Metas.

O desembargador João Benedito informou que foi tratado, também, na reunião a disponibilização do acervo das Metas 2020. Segundo o magistrado, é através do acervo que se tem as informações de quantos processos existem a serem cumpridos em cada meta para este ano. Ele disse, ainda, que foi discutida a centralização de informações, com relação a dúvidas que os juízes tenham sobre determinadas questões, que ficará ao encargo da Gerência de Pesquisa e Estatística. A próxima reunião da Comissão está prevista para o dia 9 de março, na sede do TJPB.

Clique aqui para ler matéria que trata do desempenho do TJPB no cumprimento das Metas do CNJ em 2019.

Por Lila Santos/Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611