Conteúdo Principal
Publicado em: 08/08/2022 - 07h58 Atualizado em: 08/08/2022 - 08h01 Tags: Correição en Campina

Correição na Comarca de Campina Grande começa nesta segunda-feira

Fórum da Comarca de Campina Grande
Fórum da Comarca de Campina Grande

Um total de 36 unidades judiciárias e 21 serventias extrajudiciais distribuídas em quatro municípios. Esta é a dimensão a ser alcançada pela primeira correição realizada pela Corregedoria-Geral de Justiça do TJPB na Comarca de Campina Grande, trabalho que será iniciado na próxima segunda-feira (8) e seguirá até o dia 26 de agosto. A audiência pública de abertura das atividades ocorrerá às 10h, no Fórum Affonso Campos, com a presença do Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides.

O edital da correição foi publicado no Diário da Justiça eletrônico do dia 25 de julho de 2022. Já a dinâmica e orientações de trabalho foram definidas em reuniões preparatórias realizadas na Corregedoria esta semana.

“Este é um grande desafio abraçado por toda a Corregedoria e pela própria mesa diretora do TJPB comandada pelo Desembargador Saulo Benevides, que apoiou integralmente a ideia. Vamos enfrentar a correição nesta grande Comarca, analisar processos, verificar boas práticas, disseminá-las por todo Estado, e, sobretudo, orientar para a correção de inconsistências a fim de aperfeiçoarmos a Justiça paraibana em prol da cidadania”, afirmou o corregedor-geral de Justiça da Paraíba, desembargador Fred Coutinho.

A juíza-corregedora Aparecida Gadelha informou que, para atender à demanda, foram convocados mais três juízes com experiência na atividade correcional – Meales Medeiros, Antônio Silveira e Sivanildo Torres –, além de 12 servidores. “A equipe será dividida em grupos, por matéria, coordenados por um magistrado”, antecipou.

Na área judicial, serão apreciados os processos físicos ainda em tramitação, os mais antigos, feitos incluídos nas Metas do CNJ, além de arquivados e ativos, escolhidos aleatoriamente.

Para o juiz-corregedor Fábio Araújo, a correição em Campina Grande representa um desafio elevado que trará ganhos para a jurisdição. “Com a nova metodologia de trabalho e a atuação conjunta de novos magistrados e servidores, estamos certos de que a atuação restará otimizada e capaz de melhorar os parâmetros da Comarca, bem como fornecerá quadro atualizado para identificar problemas e possíveis soluções”, declarou.

Na seara extrajudicial, a correição envolverá os 21 cartórios distribuídos nos municípios de Campina Grande (sede da Comarca), Massaranduba, Lagoa Seca e Boa Vista. O trabalho será conduzido pelo juiz-corregedor Ely Jorge Trindade.

Por Gabriela Parente

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611