Conteúdo Principal
Publicado em: 04/06/2020 - 17h23 Atualizado em: 04/06/2020 - 17h27 Tags: Demanda processual da Câmara Criminal

Evolução: Demanda processual da Câmara Criminal cresce 21% no 1º quadrimestre de 2020

Apesar da suspensão dos prazos processuais físicos, que aconteceu desde 17 de março deste ano, a demanda judicial da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba dos primeiros quatro meses de 2020 cresceu 21% em relação ao mesmo período de 2018. De acordo com dados da Gerência de Projetos da instituição, foram distribuídos ao órgão fracionário 1.612 processos de janeiro a abril deste ano, enquanto de janeiro a abril de 2018 foram 1.332 feitos.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, avaliou os dados como bastante positivos, visto que, por causa da suspensão dos prazos processuais, não subiram mais recursos para a Câmara Criminal. Para ele, a expectativa é de ainda mais resultados significativos em termos de elevação da demanda processual na Câmara Criminal, à medida que os processos forem digitalizados.

“Acredito nesta tendência por causa da implantação da Plataforma PJe 2.1, além da agregação de mais comarcas. Vamos digitalizar os processos criminais neste ano, buscando sempre a otimização do trabalho e evolução na gestão da produtividade”, ressaltou.

O presidente Márcio Murilo frisou, também, a agregação de comarcas como fator de elevação da demanda no 2º grau. Segundo analisou, este é um importante instrumento de aumento da produtividade do TJPB. Além disso, o desembargador Márcio Murilo espera que a produtividade aumente ainda mais neste ano. 

“É importante destacar que a Justiça não para. Todos continuam comprometidos com a prestação jurídica célere, com foco no bom andamento dos serviços e muita disposição para realizar o melhor trabalho possível”, afirmou o presidente do TJPB. 

Por Celina Modesto / Gecom-TJPB

Compartilhar: Whatsapp
DICOM
Diretoria de Comunicação Institucional
  • imprensatjpb@gmail.com
  • (83) 3216-1611