Conteúdo Principal
Publicado em: 15/07/2022 - 14h50 Tags: Fórum Criminal, unificação de cartórios

Fórum Criminal da Capital inicia tratativas para unificação das sete Varas Criminais existentes

Forum_Criminal_-_unificacao_de_cartorios

Uma reunião, na manhã desta sexta-feira (15), na sede do Fórum “Min. Oswaldo Trigueiro de Albuquerque Mello” Criminal da Comarca da Capital tratou sobre a possibilidade da unificação das sete Varas Criminais existentes na unidade judiciária. 

Na ocasião, participaram o diretor do Fórum Criminal, juiz Geraldo Emilio Porto, por videochamada o juiz titular da 2ª Vara Criminal, juiz Marcial Henriques, o qual introduziu o tema e esclareceu dúvidas, a gerente do Fórum, Liana Urquiza Lubambo e servidores que atuam nas respectivas unidades criminais. 

Para o juiz Geraldo Porto, a reunião foi o primeiro passo em busca da operacionalização da unificação dos cartórios das sete Varas Criminais da Capital. Conforme salientou, é uma realidade que se aproxima. 

“Ouvirmos as sugestões dos servidores e sanar suas dúvidas é de grande valia, pois buscamos a instauração da unificação da melhor maneira possível, a fim de que, diante dessa mudança, continuemos nossos trabalhos com harmonia, coerência e produtividade”, ressaltou o diretor do Fórum Criminal.

A técnica Judiciária da 1ª Vara Criminal, Walkleide Carvalho destacou ter sido uma reunião introdutória, na qual tomaram conhecimento sobre o funcionamento do cartório unificado. “É uma proposta boa, tendo em vista que este tipo de cartório já está em funcionamento nos Fóruns de Mangabeira e o Cível. Será um grande cartório e os trabalhos serão divididos por dígitos”, comentou.

Por sua vez, o chefe do Cartório da 7ª Vara Criminal, Givanildo Virgulino achou a reunião muito interessante, na qual verificaram a unificação de pontos internos entre os cartórios unificados. “Hoje temos várias unidades criminais, e com essa unificação, de fato, haverá uma uniformidade nos procedimentos cartorários”, observou.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611