Conteúdo Principal
Publicado em: 11/01/2022 - 10h18 Atualizado em: 11/01/2022 - 17h25 Tags: Gabinete Virtual, 2022

Gabinete Virtual inicia atividades de 2022 analisando acervos de Varas da Fazenda Pública da Capital

Gabinete virtual - homem trabalhando em computador

Os membros do Gabinete Virtual do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba retomaram os trabalhos de análise dos processos conclusos do Acervo B da 6ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de João Pessoa e da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. As atividades, que estão sendo realizados por meio remoto, através do sistema do Processo Judicial eletrônico (PJe), tiveram início antes do recesso forense e seguem até o final do mês de janeiro.

Ao ser instituído pela Presidência do Tribunal de Justiça, na pessoa do Presidente, Desembargador Saulo Benevides, o Gabinete Virtual tem por meta a concretização e melhoria dos serviços em prol da sociedade, por meio de uma prestação jurisdicional acessível, célere e efetiva.

O GV é coordenado pelo Desembargador João Benedito da Silva e conta com a participação dos juízes Fábio Brito de Faria, Jeremias de Cássio Carneiro de Melo, Philippe Guimarães Padilha Vilar e Pedro Davi Alves de Vasconcelos. Os magistrados atuam como subcoordenadores, responsáveis pela organização dos trabalhos e autorizados a proferir despachos, decisões, sentenças e a presidir audiências nos respectivos processos.

“O Gabinete Virtual acumulou rica experiência no desempenho de suas atribuições no ano findo. Vamos levantar os pontos positivos e negativos e assim melhorar cada vez mais naquilo que for possível”, salientou o Desembargador João Benedito da Silva, completando que, a perspectiva para o ano em curso, é que os trabalhos fluam com maior celeridade, qualidade e a entrega da prestação jurisdicional que melhor atenda a expectativa da população de um modo geral.

O juiz Fábio Brito destacou que 2021 foi um ano operativo e de transformações para o Gabinete Virtual, ressaltando a chegada dos estagiários de pós-graduação, que passaram a atuar junto com os assessores do GV, e a criação da Resolução, que trata dos critérios objetivos para a utilização dos serviços do Gabinete.

“A Presidência, acreditando no trabalho desenvolvido pelo Gabinete Virtual, promoveu sua expansão e regulamentou os critérios para as unidades serem atendidas. Em 2022, a perspectiva é de aumento de produtividade, com o foco no maior número de unidades possível, tendo em vista que os assessores, que chegaram em meados de junho do ano passado, já estão familiarizados com as atividades do GV”, ressalvou o magistrado.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611