Conteúdo Principal
Publicado em: 02/06/2022 - 10h51 Atualizado em: 02/06/2022 - 11h07 Tags: inspeçãoem presídios, Corregedoria, Seap

Integrantes da CGJ realizam visita à Seap e dialogam sobre situação prisional da Paraíba

Foto dos Integrantes da CGJ na visita à Seap e dialogam sobre situação prisional da Paraíba

Em visita realizada à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), o corregedor-geral de Justiça da Paraíba, desembargador Fred Coutinho, e a juíza-corregedora Aparecida Gadelha levaram ao secretário João Alves a situação verificada nas unidades prisionais do Estado por meio das inspeções realizadas pela Corregedoria até o momento.

“Por onde temos passado, vemos a capacidade dos policiais penais envolvidos com o ofício, vestindo a camisa da ressocialização”, revelou o corregedor Fred Coutinho, ao informar que já percorreu cerca de 80% dos presídios e cadeias, num trabalho que contemplará todas as unidades e resultará no encaminhamento de um relatório circunstanciado ao governador, a fim de colaborar com propostas de melhorias ao Sistema Penitenciário do Estado.

-

Na ocasião, os corregedores anteciparam alguns problemas diagnosticados e destacaram boas práticas vistas em alguns locais, a exemplo da autoinspeção virtual desenvolvida na Cadeia Pública de Piancó, por meio da qual os reeducandos utilizam uma ferramenta eletrônica para se comunicar com o magistrado Pedro Davi Alves (idealizador da iniciativa) a respeito de demandas pessoais e processuais.

“Há muitas ideias boas, porém, em forma de ilhas localizadas. Muitas ações podem ser massificadas”, disse o desembargador-corregedor Fred Coutinho, asseverando, ainda, que a Corregedoria mantém as portas abertas para colaborar e debater sobre quaisquer dificuldades.

Ao agradecer a visita, que ocorreu na tarde dessa quarta-feira (1º), o secretário de Administração Penitenciária, João Alves, afirmou que o trabalho e a visita da CGJ são bastante significativos para a Secretaria, pois o avanço do trabalho na área prisional depende da atuação conjunta entre o Judiciário e o Executivo.

“Sem o olhar complacente do Judiciário não teríamos sucesso nas nossas missões. Essa visita nos traz fortalecimento, pois demonstra que há o interesse em trabalharmos de mãos dadas. Estamos abertos ao diálogo sempre que formos chamados”, afirmou.

Também estiveram presentes o secretário-executivo de Administração Penitenciária, João Paulo Barros, e o delegado Tércio Chaves.

Por Gabriela Parente

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611