Conteúdo Principal
Publicado em: 25/05/2020 - 10h31 Atualizado em: 25/05/2020 - 10h33 Comarca: Campina Grande Tags: Infância e Juventude

Magistrado participa de capacitação on-line sobre adoção, promovido pela OAB/PB

 

O juiz auxiliar da 2.ª Circunscrição Hugo Gomes Zaher participou, no dia 20 deste mês, de um curso de capacitação para adoção e procedimentos, realizado pela Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil- Seccional Paraíba (OAB-PB). A formação ocorreu em alusão à Semana Estadual da Adoção, que se iniciou no domingo (17) e vai até esta segunda-feira (25), quando se comemora o dia Nacional da Adoção.

O Webinário se destinou aos advogados e profissionais da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e contou com a presença virtual de 70 pessoas, por meio da plataforma de teleconferência Zoom. Participaram como palestrantes o magistrado Hugo Zaher, a presidente e fundadora da Associação Mato-Grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), Lindacir Rocha Bernardon, dentre outros juristas renomados com especialidade no tema.

Hugo Zaher explicou que encontros dessa natureza têm grande valia para os envolvidos ou que pretendem se envolver no processo de adoção para que não só compreendam, como, também, otimizem o procedimento judicial, diminuindo o tempo de trâmite legal para que a criança ou adolescente seja inserido no seio familiar. “No evento, foram abordados os procedimentos para se efetivar a adoção de crianças e adolescentes no país, ocasião em que advogados e outros convidados puderam interagir e analisar questões concretas que ocorrem no cotidiano forense, buscando eficiência no processo e sua consequente celeridade”, afirmou o magistrado.

O jurista disse, ainda, que temas de fundamental importância, como o da adoção, não podem deixar de constar em pauta de discussão jurídica, mesmo em circunstâncias emergenciais, como em meio ao isolamento social necessário em tempos de pandemia.

A Presidente da Comissão dos direitos da Criança e do Adolescente da OAB/PB, advogada Michelli Lima dos Santos Ferrari, enfatizou que são muitos os atores envolvidos no procedimento de adoção e ressaltou a necessidade de manter um diálogo constante entre os interessados de modo que o fim da adoção seja atingido de forma eficaz, responsável e empática.

“O encontro foi muito importante para promover a capacitação de advogados e advogadas e demais profissionais da Rede de Proteção à Criança e do Adolescente do Estado da Paraíba dos procedimentos da adoção. Além disso, proporcionou o diálogo entre atores da Rede, como OAB, Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, que foram representados, no evento virtual. Houve debates sobre as ações articuladas realizadas, coordenadas e efetivadas voltadas à adoção de crianças e adolescentes. Este diálogo do Sistema de atores da proteção da criança e do adolescente e o Sistema de Justiça é importante para trazer reflexões e propostas construtivas, além de capacitar os profissionais sobre a adoção e conscientizar sobre a importância de adotar como um ato de amor responsável”, expôs a advogada.

A advogada Lindacir Rocha Bernardon falou sobre sua experiência na Ampara, na preparação e acompanhamento do processo de adoção e parabenizou a organização do evento e o modo como o tema é tratado na Paraíba e na Comarca de Campina Grande/PB. “Percebe-se que temos um magistrado envolvido, que aplica o Direito em unidade com o afeto e isso se mostra no processo como um diferencial positivo em relação ao instituto Adoção que é tão marcado por tantas dores, com finalidade primordial de formar uma família”, colocou.

A palestrante observou, ainda, a amplitude de alcance do debate, que uniu magistrados, promotores de justiça, advogados, psicólogos, assistentes sociais e todos que fazem parte da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente, num empenho conjunto em fazer funcionar o sistema de adoção do país.


Por Carolina Correia/Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611