Conteúdo Principal
Publicado em: 01/09/2021 - 06h45 Atualizado em: 13/09/2021 - 16h16 Tags: Palestra, Conojaf

Oficial de justiça do TJPB fará palestra hoje no Conojaf

O oficial de justiça do Poder Judiciário estadual, Francisco Norberto Gomes Carneiro, é um dos palestrantes do 13º Congresso Nacional dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (Conojaf). O servidor do Tribunal de Justiça da Paraíba vai abordar o tema “As Atribuições do Oficial de Justiça Face à Intensificação do Meio Eletrônico de Realização dos Atos Processuais”. O evento virtual acontece a partir da quarta-feira (1º) e a explanação de Francisco Norberto acontece nesta quarta-feira (1º), a partir das 16h.

Autor do livro “Oficial de Justiça – Prática legal: autos informatizados, o servidor disse que o objetivo do painel é apresentar a utilização de várias ferramentas eletrônicas para auxiliar o cumprimento de mandados de forma física e remota. “Podemos tirar proveito da tecnologia para qualificar mais ainda o nosso trabalho”, afirma.

O oficial de justiça do TJPB enfatizou que o Judiciário ingressou no mundo tecnológico, há muito tempo. “A plataforma ‘Victor’ é uma inteligência artificial usada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), voltada à movimentação processual. Precisamos adaptar nossas diligências ao uso das mídias sociais, aos aplicativos e a várias fontes de pesquisa de banco de dados, sejam elas abertas ou fechadas”, pontou.

Para ele, a pandemia acelerou o processo digital e tecnológico do trabalho do oficial de justiça. “Ficou claro que o uso de tecnologias no nosso trabalho propicia que o mandado judicial, do mais simples ao mais complexo, possa ser cumprido de forma frutífera, trazendo ao processo informações importantes para uma decisão célere e justa. Não resta dúvida que tudo que vivemos na pandemia vai continuar e só resta nos adaptarmos”.

Sobre a realização do primeiro Conojaf virtual, o palestrante destaca que, ao longo de pouco mais de um ano, a categoria vivencia uma mudança radical no trabalho. “E tudo isso não poderia deixar de ser discutido e debatido com a categoria no momento. Muitos colegas ainda não aceitam ou tem dificuldade de se adaptar, de modo que, um evento de tamanha importância como este vai esclarecer muitas dúvidas e unificar pensamentos”, acrescentou.

O palestrante esclareceu que quando defende o uso de ferramentas eletrônicas no trabalho do oficial de justiça, não quer trazer novas atribuições ou extingui-las. “Estou querendo, na verdade, a adaptação do trabalho do oficial no mundo digital”, finalizou.

Por Fernando Patriota

Compartilhar: Whatsapp
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611