Conteúdo Principal
Publicado em: 21/09/2018 - 16h20 Atualizado em: 24/09/2018 - 14h12

Reinauguração do Centro Profissionalizante e da sede da Aemp é prestigiada pelo presidente do TJPB 

Foi reinaugurado, na manhã desta sexta-feira (21), o Centro Profissionalizante Nossa Senhora de Fátima e a sede da Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (Aemp), que funciona no mesmo local, em solenidade prestigiada por magistrados, servidores do Tribunal do Justiça e convidados. O espaço é dirigido à formação profissional de jovens infratores, adolescentes de comunidades carentes e de casa de acolhida, e mulheres vítimas de violência, proporcionando a inserção de todos ao mercado de trabalho.

De acordo com a presidente da Associação, a psicóloga Ana Lúcia Alencar Pereira, no período de um ano foram realizados 22 cursos, estando programados mais seis até o final do ano, nas áreas da beleza, indústria e gastronomia. Os cursos já atenderam a um público de 408 pessoas, sendo 75 adolescentes. 

A promoção de cursos foi viabilizada por meio da assinatura de um Termo de Cooperação Técnica firmado entre a Aemp, o Tribunal de Justiça da Paraíba, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de João Pessoa, a Federação do Comércio de Bens e de Serviços da Paraíba (Fecomércio), o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Federação das Indústrias do Estado (Fiep), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial  (Senai) e o Serviço Social da Indústria (Sesi). Com a parceria, foi formalizado o Projeto ‘Ensinando a Pescar’.

“As pessoas que passam por esses cursos saem com certificados profissionais. São diplomas de peso que facilitam a inserção no mercado de trabalho com mais rapidez, pois são qualificados com um ofício. A maioria dos alunos do Curso de Garçom já está empregada e com carteira assinada”, afirmou Ana Lúcia, ao ressaltar a importância do apoio do Tribunal de Justiça e da parceria de todas as entidades. 

A presidente da Aemp disse que entregar o Centro Profissionalizante reformado foi um sonho realizado. Emocionada, contou que a experiência de trabalhar com os adolescentes infratores tem sido gratificante, pois lhe proporcionou conhecer melhor a realidade desses jovens. “Muitos chegam aqui ariscos, sem querer participar dos cursos. Mas, depois, vão se animando e buscando realmente a sua reintegração na sociedade. Contam as suas histórias e percebemos que o que faltou para eles, no primeiro momento de suas vidas, foi oportunidade. Daí a importância de proporcionar-lhes esses cursos”, relatou.

Ana Lúcia lembrou que a semente para a realização dos cursos profissionalizantes foi plantada pela ex-presidente da Aemp, Socorro Leite Fontes, que teve a inspiração inicial e deu os primeiros passos para atender as pessoas que lhe pediam oportunidade de emprego, mas que não tinham formação adequada.

O descerramento das placas de inauguração foi realizado por Ana Lúcia e o desembargador Joás de Brito. Na oportunidade, o pastor da Igreja Cidade Viva, Sérgio Queiroz, e o padre jesuíta Sérgio Santos conduziram a oração e bênção do local e dos presentes.

Na reinauguração do espaço, o ex-garçom do TJPB Fabrício Albuquerque, que hoje exerce a advocacia, deu um depoimento da sua experiência de vida. “Aconselho os jovens que concluíram o Curso de Garçom promovido pela Aemp e que, hoje, estão   recebendo os seus certificados, a não desistirem dos seus sonhos”, declarou Fabrício, momento em que deixou os presentes emocionados.

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, disse que, ao fazer parceria com a Aemp, considerada o ‘braço social do Tribunal’, o Judiciário paraibano ajuda a transformar vidas. “A parceria ajudou a implementar o ‘Projeto Ensinando a Pescar’, que é muito interessante, pois auxilia jovens infratores a serem reinseridos na sociedade, já com uma profissão. Agora, o espaço está sendo entregue reformado e com frutos colhidos já dos cursos que foram aqui ministrados”, ressaltou o desembargador Joás de Brito. 

Revitalização - o Centro Profissionalizante ganhou divisórias, um banheiro, cozinha, pinturas na parte interna e externa, lavagem da caixa d’água, lavagem e dedetização de esgotos, troca de registro de água, troca de roldanas das portas e janelas, troca de fechaduras das portas das salas e da porta principal do prédio, grades, paisagismo e um terraço atrás do prédio, placa com a logo da Associação, lavagem da fachada, substituição das lâmpadas, tomadas elétricas, um balcão na recepção e consertos no gesso.

Por Eloise Elane

 

 

 

Compartilhar:
DICOM
Diretoria de Comunicação Institucional
  • imprensatjpb@gmail.com
  • (83) 3216-1611