Conteúdo Principal
Publicado em: 10/11/2021 - 17h17 Atualizado em: 10/11/2021 - 17h25 Comarca: Cabedelo

Seguindo o Protocolo de Biossegurança do TJPB Comarca de Cabedelo retoma as Sessões do Tribunal do Júri

Foto da retomada das sessões do Tribunal do Júri no Fórum de Cabedelo
Retomada das sessões do Tribunal do Júri no Fórum de Cabedelo

Observando os cuidados preventivos contidos no Protocolo de Biossegurança do Tribunal de Justiça da Paraíba, a Comarca de Cabedelo retomou as sessões de julgamento do Tribunal do Júri, que estavam suspensas por conta da crise sanitária ocasionada pela Covid-19. Sete julgamentos foram pautados para este mês de novembro, todos com início a partir das 8h30. No último dia 3 aconteceu o primeiro júri e nesta quarta-feira (10), ocorreu o segundo, ambos envolvendo processos da 1ª Vara Mista.

O juiz titular da unidade judiciária, que presidiu o julgamento desta quarta, Antônio Gonçalves Ribeiro Junior ressaltou que, para a retomada das sessões do júri, várias providências foram tomadas e medidas sanitárias adotadas, a exemplo da colocação de divisórias em acrílico para os representantes do Ministério Público, advogado de defesa, presidência do júri e os jurados. 

“Além disso, oficiamos a Secretaria Municipal de Saúde para realização da testagem rápida contra a Covid-19, antes do início do júri. De forma que os jurados que testarem positivo serão suspensos e encaminhados para os cuidados médicos.

Foto da retomada das sessões do Tribunal do Júri no Fórum de Cabedelo
Testagem de Covid-19 antes da sessão do Tribunal do Júri no Fórum de Cabedelo

Com isso, conseguimos manter afastadas as possibilidades de transmissão e contágio pela doença”, realçou o magistrado, lembrando que houve, também, restrição de acesso ao plenário, limitado apenas a quem for participar das sessões.

A juíza auxiliar da 1ª Vara Mista, Graziela Queiroga Gadelha de Sousa (presidiu o primeiro júri após a retomada, dia 03/11) explicou que o processo envolvia uma tentativa de homicídio e que o júri transcorreu, durante todo o dia, dentro da normalidade e com tranquilidade. “Todos os cuidados e protocolos sanitários foram respeitados. Os jurados se sentiram confortáveis e seguros, conforme falaram. Parabenizo a direção do Fórum de Cabedelo, na pessoa da diretora, a juíza Giovana Lisboa, e sua equipe, que muito bem organizaram todo o ambiente”, destacou.

Graziela Queiroga salientou, da mesma forma, que dia 22, primeiro dia da Semana da Justiça pela Paz em Casa,  acontecerá um julgamento pelo Tribunal do Júri envolvendo um caso de Feminicídio, marcando a retomada das sessões de julgamento da Comarca.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611