Conteúdo Principal
Publicado em: 12/06/2024 - 18h01 Atualizado em: 12/06/2024 - 18h32 Tags: Sustentabilidade; socioambiental; reciclagem

TJPB descarta quase 10 toneladas em resíduos recicláveis e beneficia 120 famílias

-

Um convênio entre o Tribunal de Justiça da Paraíba e a Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) tem gerado resultados significativos no descarte de resíduos sólidos e recicláveis, além de criar uma consciência socioambiental voltada aos magistrados, servidores e toda a força de trabalho do Poder Judiciário estadual. Na parceria firmada com Associação dos Trabalhadores de Material Reciclável (Astramare), de João Pessoa, o TJPB conseguiu descartar mais de oito toneladas de material (madeiras e divisórias) do Fórum Cível e do Anexo Administrativo do Tribunal, antigo Colégio João XXIII, além de 1,1 tonelada de vidro e 300 kg de ferro.

De acordo com a coordenadora do Núcleo Socioambiental do Tribunal, Renata Grigório, só com o trabalho desenvolvido com a Astramare, o processo de reciclagem beneficia, diretamente, 120 famílias. “O convênio com a Emlur reforça nossa responsabilidade social e com o meio ambiente”, comentou. “Outro benefício foi destinar materiais que estavam enchendo nossos prédios e que não tinham nenhuma serventia, além de promover uma limpeza dos locais de armazenamento, evitando assim a proliferação de vetores de doenças, como ratos, baratas e escorpiões”, acrescentou.

Também compõem o Núcleo os servidores Mário Heitor Medeiros dos Santos e Aline Fernandes da Nóbrega. A equipe reúne-se periodicamente com representantes da Emlur e participa de treinamentos cíclicos. Por meio da Empresa Municipal de Limpeza Urbana foi repassado que ela (a Emlur) trabalha com associações de catadores e que o Tribunal poderia fazer contato direto, para recolhimento de materiais como madeira, vidro, ferro e equipamentos eletroeletrônicos sem utilidade.

Capacitação - Na tarde desta terça-feira (12), foi realizada uma oficina de capacitação com o pessoal terceirizado que trabalha no Fórum da Comarca de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa. O treinamento faz parte de um conjunto de ações que o Tribunal de Justiça da Paraíba está executando, através do Núcleo Socioambiental, para a implantação da coleta seletiva em várias unidades do Judiciário paraibano. “A oficina é fundamental, pois visa engajar nossos servidores na correta separação e reciclagem de resíduos, promovendo a sustentabilidade ambiental mais efetiva”, destacou Renata Grigório.

A coordenadora ainda lembrou que a missão do Núcleo Socioambiental do TJPB é impulsionar a conscientização, promover a educação ambiental e catalisar ações tangíveis para preservar o meio ambiente e fortalecer os vínculos sociais. “Acreditamos que uma mudança significativa começa com a disseminação do conhecimento e o incentivo à participação ativa na construção de um mundo mais justo e ecologicamente equilibrado”, pontuou.

Por Fernando Patriota

 

Imagens dos servidores que concluíram a capacitação no Fórum de Santa Rita
Servidores participaram de uma capacitação no Fórum de Santa Rita
-
-
-
-
-
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611