Conteúdo Principal
Publicado em: 16/05/2024 - 17h41 Atualizado em: 17/05/2024 - 15h08 Tags: Arquivo; Fórum Cível; RDC-Arq

Alunos da UEPB visitam Arquivo do Fórum Cível da Capital e conhecem o RDC-Arq do TJPB

Alunos_da_UEPB_visitam_Arquivo_do_Forum_Civel_16_05_2024_1.jpg

Estudantes em visita ao Arquivo do Fórum Criminal do TJPB
Estudantes conheceram os processos de trabalho do Arquivo do Fórum Cível

Estudantes do 6º período do curso de Arquivologia da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) visitaram, quinta-feira (16), o Arquivo do Fórum Cível da Comarca da Capital. A iniciativa tem como objetivo apresentar aos alunos as metodologias de organização documental dos processos judiciais e os sistemas de controle e informação, utilizados pela equipe do Arquivo. O Repositório Arquivístico Digital Confiável (RDC-Arq) do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) foi um dos principais temas abordados durante a visita.

O diretor do Fórum Cível, juiz José Herbert Lisboa, destacou que as visitas aos arquivos judiciais são fundamentais para os estudantes de Arquivologia, pois essa experiência proporciona uma compreensão prática dos processos de arquivamento, preservação e acesso a documentos legais e históricos. “Essa vivência enriquece o aprendizado teórico e se une à prática do cotidiano dos Arquivos, preparando os estudantes para lidarem com os desafios da profissão, além de estabelecer um contato mais próximo entre o Poder Judiciário e a sociedade”, pontuou.

A chefe da Seção de Arquivo do Fórum Cível, Auricélia Maria da Silva, explicou que, nas visitas, os estudantes vão à unidade judiciária para aprender mais sobre as áreas de conservação, preservação documental, cadastro e sistemas. “O RDC-Arq é um repositório digital, que está sendo muito utilizado pelo TJPB. É um site canadense, gratuito e todos os elementos da Arquivologia, presentes no Repositório, têm um nível altíssimo de segurança no tocante a guarda dos documentos”, realçou.

Ela ainda comentou que o Arquivo do Fórum Cível possui documentos históricos, datados desde 1855, e são utilizados para o estudo da paleografia, área do conhecimento que analisa escritas antigas. “Quando os estudantes vêm até às instalações do Arquivo do Fórum Cível, os recebemos com muita alegria, porque a equipe entende a importância de fomentar a pesquisa e contribuir para a formação destes futuros profissionais”, frisou.

Para o professor da Universidade, Josemar Henrique de Melo, é muito gratificante conhecer o acervo do Tribunal e o trabalho realizado no Arquivo. “Eu gostaria de agradecer à equipe de trabalho do arquivo do TJPB, principalmente, à chefe do setor, Auricélia Maria, por oferecer aos estudantes a possibilidade de se familiarizar com os processos de preservação digital, nos documentos digitalizados ou nato digital. Atualmente, é muito importante entender esta matéria”, salientou.

A estudante do curso de Arquivologia da UEPB, Ingrid Hellen Almeida, comentou que a visita foi uma oportunidade da turma verificar, na prática, o processo de transição do arquivo físico para o digital, de uma forma que garanta a segurança do procedimento. “Foi um momento para entender na prática o trabalho do arquivista, que tem uma responsabilidade social, tanto no tratamento de arquivos físicos como nos digitais. Eu entendi que este é um caminho que podemos seguir futuramente”, frisou.

Alunos_da_UEPB_visitam_Arquivo_do_Forum_Civel_16_05_2024_7.jpg

-Alunos recebendo informações sobre o arquivo do Fórum Cível do TJPB
Mais estudantes terão a oportunidade de conhecer o arquivo do Fórum Cível

Visitas agendadas - De acordo com o cronograma de visitas do Arquivo da Unidade, mais duas Instituições participarão da atividade. Nesta sexta-feira (17), alunos do 1º período de Arquivologia da UEPB e na terça-feira (21) integrantes da Fundação Casa José Américo conhecerão as metodologias utilizadas no Arquivo do Fórum Cível de João Pessoa.

Os participantes terão a oportunidade de conhecer mais de perto os processos de trabalho do Arquivo do Fórum Cível, em especial o repositório digital (RDC-Arq) que, de acordo com informações do Conselho Nacional de Arquivos (Conarq), é um ambiente de armazenamento e gerenciamento de materiais digitais. A ferramenta é uma solução informatizada, na qual os materiais são capturados, armazenados, preservados e acessados. Um repositório digital é um complexo que apoia o gerenciamento dos materiais digitais, pelo tempo que for necessário.

Por Maria Luiza Bittencourt (estagiária)

 

-
-
-
-
-
-
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611