Conteúdo Principal
Programa DigitalizaPJE

Iniciativa voltada para a migração dos feitos físicos para a plataforma do PJE, através da ferramenta Digitaliza PJE.

O Programa que foi iniciado em 2018 e expandido para todo o Estado em 2019, no âmbito cível, já possibilitou a migração de mais de 180 mil processos para o PJE, convergindo assim para um sistema único de tramitação processual, como se observa no gráfico abaixo:

 

Evolução do Acervo do TJPB

 

A partir de 20/07/2020, mais um marco importante foi alcançado: a versão do Digitaliza que permite a migração de feitos criminais.

A ferramenta será instalada, remotamente, pela Gerência de Atendimento da DITEC, à medida em que o PJE estiver habilitado para distribuição de feitos novos criminais naquela unidade.

Digitaliza Criminal

 

Esse momento ocorrerá conforme Cronograma estabelecido na Resolução (Resolução 20/2020) que ampliou a competência do PJE para os feitos criminais. O Cronograma também pode ser visualizado numa das abas desta página.

 

 

Cronograma e Resultados

Acompanhe o cronograma e o desempenho semanal da digitalização dos feitos cíveis e criminais na aba Cronograma e Resultados.

 

Legislação

 

Manuais

OBS.: Para conhecer as alterações inerentes ao Digitaliza Criminal basta acessar, em vídeos tutoriais, o vídeo: "O que mudou com o Digitaliza Criminal?".