Conteúdo Principal
Publicado em: 17/08/2022 - 17h30 Atualizado em: 17/08/2022 - 19h51 Tags: Anexo Administrativo

Anexo do TJPB passa por obras de melhorias em sua estrutura e instalação de novos equipamentos

-

O prédio do Anexo Administrativo do Tribunal de Justiça da Paraíba é mais uma edificação que passa por um importante conjunto de obras para recuperação da sua estrutura de concreto armado. O prédio também vai receber inovações, com objetivo de ampliar a qualidade das condições de trabalho, como novos elevadores, modernização da subestação de energia e a compra de um moderno sistema de climatização.

Prevista para ser concluída até o final de novembro, a obra é mais uma iniciativa da atual gestão da Presidência do TJPB, que tem à frente o Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides. Diversos prédios do Poder Judiciário estadual passam por melhorias estruturais.

-

O Anexo Administrativo está encravado numa região de ir e vir de pessoas, sendo necessária a realização dos serviços de engenharia, em caráter de urgência, visando a reconstrução de níveis de desempenho perdidos da edificação, recuperando as condições de uso, resultando assim no prolongamento de sua vida útil e na conservação do patrimônio.

-

Segundo o diretor administrativo do TJPB, Falbo Abrantes, no Anexo do TJPB 'Desembargador Archimedes Souto Maior' está sendo realizada a recuperação na estrutura de vergalhões de ferro e concreto armado e retiradas todas as infiltrações do subsolo. “A respeito dos três novos elevadores, serão instalados até dezembro. São equipamentos mais modernos, seguros e econômicos. Também vamos instalar uma nova subestação de energia, dentro dos padrões exigidos pela Energisa, que proporciona mais eficiência e segurança”, adiantou Abrantes.

O diretor informou, também, que o processo de licitação para a compra do novo sistema de climatização já foi iniciado, com prazo para ser concluído no próximo mês. “A empresa vencedora da licitação, se não houver nenhum recurso, terá um prazo de 60 dias para instalar os novos equipamentos”, disse.

Já a gerente de Engenharia e Arquitetura do TJ/Paraíba, Marieta Tavares, disse que os serviços executados estão, rigorosamente, de acordo com os projetos, propostas, especificações, caderno de encargos e cronogramas, dentro do prazo contratado.

-
-

“A empresa contratada fornece ferramentas, máquinas, equipamentos, transportes, suprimentos, materiais e mão de obra necessários à perfeita execução dos serviços. Devendo empregar material de primeira qualidade e mantendo profissionais competentes e com experiência na execução dos serviços, uma vez que

responde pela solidez e bom acabamento da obra, de acordo com o Código Civil Brasileiro”, explicou. Marieta Tavares ainda disse que a fiscalização da obra é de responsabilidade de sua gerência.

Valor Social - A execução dos serviços de engenharia, conforme Marieta Tavares, está corrigindo as patologias da construção civil existentes na edificação, recuperando a qualidade e consequentemente o aumento da vida útil do Anexo do TJPB. Ela acrescentou dizendo a edificação é o suporte físico para a realização direta ou indireta de todas as atividades produtivas e possui, portanto, um valor social fundamental.

“Essa grande importância, atribuída à edificação, justifica a necessidade da elaboração e a implantação de um programa de manutenção corretiva e preventiva nas edificações, pois além de serem importantes para a segurança e qualidade de vida dos usuários, são essenciais para a manutenção dos níveis de desempenho ao longo da vida útil projetada, garantindo assim que a edificação possa exercer seu papel na sociedade”, destacou.

Por Fernando Patriota

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611