Conteúdo Principal
Publicado em: 18/02/2009 - 12h00 Tags: Geral, Legado

CAO realiza Semana de acolhimento para 48 novos alunos

Coordenadoria de Comunicação Social

De 26 deste mês a 6 de março, o Centro de Atividades Ocupacionais “Desembargador Mário de Moura Rezende” (CAO), em João Pessoa, vai realizar mais uma Semana de Acolhimento, cujo objetivo é receber e conhecer os 48 novos adolescentes e desenvolver dinâmicas de grupo, atividades educacionais, além da parte psicológica, médica,
pedagogia, recreativa e social.

Na abertura do evento, a juíza Virgínia Gaudêncio de Novais, da 2ª Vara da Infância e da Juventude, vai conversar com os alunos e os pais sobre a importância da convivência e aprendizado. “Vou incentivá-los a participar das atividades, que é uma forma de reintegração social através das ações que são desenvolvidas no CAO”, disse a magistrada. 
 
Durante a semana, os alunos terão acesso a aulas de primeiros socorros, machetaria, lazer, educação física, biblioteca entre outros. “Essas são as atividades que as crianças mais gostam, conforme observação da aceitação no ano passado”, disse a diretora adjunta do CAO, Samia Vita.

Segundo a diretora do Centro, Ana Lúcia Cananéa, todo ano, antes de iniciar o período das atividades do CAO, os adolescentes participam da Semana do Acolhimento, que é o alicerce fundamental para o período do semestre que termina no dia 18 de junho próximo. “A gente fica feliz em poder receber novos alunos, ajudá-los no que é possível para que eles cresçam e dêem exemplos. Isso é cidadania”, completou.  

Também serão oferecidas aulas de jardinagem, informática, alfabetização, grafite e dança, além de passeios a pontos históricos e turísticos da cidade. Esses cursos, que têm uma duração de quatro a cinco meses, são alternados com aulas de reforço escolar.
 
As crianças devem estar devidamente matriculadas e frequentando a escola. Ao final, elas recebem certificados se comparecerem a todas as aulas. Além dos cursos profissionalizantes, o Centro oferece assistência médica, odontológica, psicológica, social, alimentação e vale-transporte.

Segundo Samia Vita de Oliveira, diretora adjunta do CAO, a novidade este ano é a presença de um religioso para ministrar aulas de formação humana.

História - O Centro de Atividades Ocupacionais, criado em 1998, é uma instituição vinculada à Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça da Paraíba. Com a atuação iniciada em 1999, visa atender adolescentes de ambos os sexos, entre 12 e 18 anos incompletos, autores de ato infracional, que não implique em medida sócio-educativa privativa de liberdade, encaminhados pela 2ª Vara da Infância e da Juventude da Capital.

Por Gabriella Guedes e Kubitschek Pinheiro

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611