Conteúdo Principal
Publicado em: 31/01/2018 - 15h42 Tags: livro

Livro ‘O Magistrado e a Arte’ será lançado no final do primeiro semestre de 2018

O Des. Romero Marcelo e o juiz Gustavo Urquiza (piano)

O livro “O Magistrado e a Arte”, que tem como protagonistas um grupo de magistrados do Poder Judiciário Estadual, será lançado no final do primeiro semestre deste ano. A obra vem sendo trabalhada por meio do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, do Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sob a orientação da professora e vice-coordenadora do Mestrado Profissional de Jornalismo, Sandra Moura.

São perfis de desembargadores e juízes paraibanos que exercem a arte musical (erudita ou popular), por formação superior ou não, além da parte literária. A ideia surgiu para conhecer melhor a sensibilidade dos magistrados, na sua relação com a arte, num projeto que envolve professores doutores e estudantes na área de Jornalismo, da Universidade Federal da Paraíba. O projeto tem apoio do Tribunal de Justiça da Paraíba.

No total, são 16 perfis, sendo dois desembargadores, Romero Marcelo e Leandro dos Santos, e 14 juízes, entre eles Gustavo Urquiza, Marcos William, Hermance Pereira, Rudimacy Firmino, Túlia Neves, Remédios P. Veloso de França, Aílton Nunes, Edailton Medeiros, Vladimir Nobre, Fabrício Meira, João Tejo, Fábio Araújo, Adeilson Nunes e Onaldo Queiroga. 16 jornalistas foram selecionados pela equipe do Projeto para produzir os textos.

Já foram concluídas todas as entrevistas e o ensaio fotográfico, que leva a assinatura do fotografo Gustavo Moura. “Foram quatro sessões realizadas no ano passado, nos meses de outubro e novembro. O último ensaio fotográfico foi com o desembargador Romero Marcelo e o juiz Gustavo Urquiza”, disse a coordenadora Sandra Moura

De acordo a professora Sandra Moura, já foi concluído sete perfis e os demais estão sendo finalizados. As etapas seguintes envolvem o projeto gráfico (diagramação e capa), revisão geral da obra, impressão e lançamento. “Estamos ansiosos e definindo o nome de quem fará a apresentação, que deve ser escolhido nas áreas de Direito, Artes e/ou Jornalismo”, adiantou.

A diretora de Comunicação do TJPB, jornalista Cristiane Rodrigues que também é formada em Direito, considera o projeto da UFPB com o apoio do TJPB de suma importância. “É revelante, porque descobre e traz à tona outros talentos dos nossos magistrados, que agora vão figurar num livro bem elaborado ”, disse

Por Kubitschek Pinheiro

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611