Conteúdo Principal
Publicado em: 23/07/2008 - 12h00 Tags: Geral, Legado

Presidente do TJ-PB parabeniza magistrados por produtividade, que será publicada no “Diário da Justiça”


<?xml:namespace prefix = o /?>


por Evandro da Nóbrega,


coordenador de Comunicação Social do Judiciário paraibano


 


Durante a sessão do Tribunal Pleno realizada na manhã desta quarta-feira, 23 de julho, o desembargador-presidente Antônio de Pádua Lima Montenegro parabenizou os magistrados paraibanos pelo trabalho que vêm desenvolvendo em suas respectivas Comarcas, tendo em vista a produtividade alcançada pelos juízes de Primeiro Grau em todos os recantos do Estado.


 


— Nossa Justiça está de parabéns — disse o chefe do Poder Judiciário, acrescentando que “nossos magistrados merecem aplausos por esse trabalho abnegado”.


 


NO PRIMEIRO GRAU


Essas palavras do desembargador-presidente foram proferidas pouco depois de o magistrado abrir mais uma Sessão Ordinária do Tribunal Pleno e no momento em que ele fazia breve resumo da produtividade do Poder Judiciário, em especial dos juízes de Direito de Primeiro Grau.


 


Tais números da produtividade dos magistrados refere-se ao período delimitado entre os meses de janeiro a junho do corrente ano (primeiro semestre de 2008).


 


DISTRIBUÍDOS & ARQUIVADOS


O relatório apresentado pelo desembargador-presidente demonstrou que o número de processos arquivados foi superior ao dos feitos distribuídos. Foram 89 mil 696 processos distribuídos, no primeiro semestre deste ano, contra 93 mil 065 arquivados.


 


“Só no mês de abril, conforme demonstra este balanço do Judiciário, registraram-se quase 20 mil feitos indo para o arquivo. Esta é outra evidência de que os nossos magistrados, os juízes paraibanos, trabalharam mais”, disse o desembargador-presidente Antônio de Pádua, demonstrando satisfação com tal produtividade dos juízes de Comarcas em todos os quadrantes paraibanos.


 


SAIRÁ NO DIÁRIO DA JUSTIÇA


Explicam os jornalistas Cristiane Rodrigues e Marcus Vinícius Leite Gomes — que cobriram esta sessão do Tribunal Pleno para a Coordenadoria de Comunicação Social do Judiciário paraibano — que, segundo os dados apresentados ao presidente do TJ-PB pela Secretaria de Tecnologia da Informação, pelo SISCOM, pela Secretaria Judiciária e outros órgãos responsáveis pela computação dos dados, foram prolatadas 78 mil 773 sentenças e realizadas 78 mil 752 audiências na Justiça de Primeiro Grau.


 


O desembargador-presidente Antônio de Pádua Lima Montenegro afirmou ainda que a produtividade das Comarcas e de cada Unidade Judiciária, em particular, será publicada no Diário da Justiça, conforme determina a Lei. 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611