Conteúdo Principal
Publicado em: 30/07/2019 - 12h16 Tags: Abraminj

Site da Abraminj divulga reunião no TJPB que tratou sobre depoimentos especiais

Nessa segunda-feira (29), o site da Associação Brasileira dos Magistrados da Infância e da Juventude (Abraminj) repercutiu reunião que tratou sobre capacitação de servidores na coleta de depoimentos especiais de crianças ou adolescentes vítimas ou testemunhas de crimes sexuais, bem como a implantação de salas lúdicas, em todo o Estado, para tomada desses depoimentos. Participaram do encontro de trabalho o juiz auxiliar da Presidência do TJPB, Gustavo Procópio, o juiz auxiliar da Vice-Presidência, Herbert Lisboa, e o coordenador estadual da Infância e da Juventude, juiz Adhailton Lacet.

Segundo Gustavo Procópio, todas as questões que envolvem a criança e o adolescente são de interesse do Tribunal de Justiça. “Temos que analisar a situação e buscar a solução que seja mais efetiva, com a maior racionalidade e o melhor uso dos recursos públicos”, comentou. De acordo com o magistrado, é preciso atender a legislação referente à escuta especial da criança e do adolescente da melhor forma possível. “Considero a capacitação de servidores, para a coleta de depoimento, uma ideia relevante. O juiz Adhailton Lacet também traz, como exemplo, boa experiência das salas lúdicas do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que, com poucos recursos, obteve excelentes resultados”, acrescentou.

Para ler, na íntegra, a matéria produzida pela Assessoria de Comunicação Institucional do Tribunal de Justiça da Paraíba (Ascom/TJPB), clique na palavra depoimento.

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611