Conteúdo Principal
Publicado em: 29/04/2013 - 14h14 Atualizado em: 05/12/2013 - 22h22 Tags: Lei Seca Jovem

TJPB inicia capacitação de pessoal para atuar na campanha “Lei Seca Jovem”

Uma campanha de combate ao consumo de álcool por crianças e adolescentes será lançada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, em maio. Trata-se do projeto “Lei Seca Jovem”, que tem como meta reverter o quadro atual, vez que as estatísticas revelam números alarmantes quando o assunto é o acesso desse público às bebidas alcoólicas, mesmo sendo a venda proibida por lei.

A primeira medida preparatória para efetivar a campanha está acontecendo nesta segunda-feira (29), no auditório do Complexo Judiciário, no Bairro Altiplano, onde 40 comissários de menores estão sendo capacitados para que se tornem agentes no cuidado com as crianças e adolescentes que bebem ou podem vir a beber.

O juiz titular da 1ª Vara da Infância e Juventude de João Pessoa, Fabiano Moura de Moura, é uma dos coordenadores e idealizadores da campanha. Ele esteve presente na abertura do treinamento para os comissários, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (29). “A Presidência do Tribunal está preocupada com o crescente número de jovens que passam a beber. Então, estamos formando pessoas que possam ajudar a proibir às crianças e adolescente que usem álcool”, comentou o magistrado.

Fabiano Moura disse que os comissários vão atuar em várias frentes. Uma delas é o enfrentamento direto, com a presença constante desses profissionais em bares, restaurantes e boates. Por outro lado, também vai existir um trabalho de prevenção, com a realização de palestras e debates em escolas e espaços comunitários. Para isso, foi estabelecida toda uma estratégia e um planejamento neste sentido.

“Certamente, esse trabalho terá um alcance social muito grande. O Tribunal decidiu se associar às famílias que sofrem em suas casas com esse problema, que é o consumo de álcool por pessoas tão novas. Nós queremos que a sociedade participe desse processo”, destacou Fabiano Moura de Moura.

O magistrado informou o lançamento da campanha será feito pela presidente do TJPB, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti.

Doenças – Além dos sérios problemas sociais e econômicos causados pelo uso precoce do álcool, os riscos dessa droga no organismo de uma criança ou adolescente são muitos graves.

Publicações especializadas sobre a saúde dos jovens revelam que a bebida nos jovens podem causar doenças como hepatite alcoólica, gastrite, síndrome de má absorção, hipertensão arterial, acidentes vasculares, cardiopatias (aumento do ventrículo esquerdo com cardiomiopatias), diferentes tipos de câncer (esôfago, boca, garganta, cordas vocais, de mama nas mulheres e o risco de câncer no intestino), pancreatite e polineurite alcoólica (dor, formigamento e cãibras nos membros inferiores)(39). No no caso das mulheres, essas manifestações são mais precoces.

Gecom – Fernando Patriota

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611