Conteúdo Principal

furto - injúria racial

Data de publicação: 14/02/2020 - 08h29 Comarca: Sapé Tags: furto - injúria racial

Câmara Criminal mantém decisão que condenou mulher pelos delitos de furto e injúria racial

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a decisão do juiz da 3ª Vara da Comarca de Sapé, Renan do Valle Melo Marques, que condenou uma mulher a dois anos de reclusão, em regime aberto, pelos crimes de furto e injúria racial. A pena foi substituída por duas restritivas de direitos, consistentes na prestação de serviços à comunidade e prestação pecuniária em favor da vítima no valor de cinco salários mínimos. De acordo com os autos, no dia sete de dezembro de 2014, durante viagem de carro com destino a Riachão do Poço, a acusada Ana Lúcia Monteiro Barbosa teria subtraído...
Subscrever RSS - furto - injúria racial