Conteúdo Principal
Publicado em: 16/02/2021 - 16h30 Comarca: Catolé do Rocha Tags: Tecnologia virtual, Prestação jurisdicional

Comarca de Catolé prioriza a tecnologia virtual na eficácia da prestação jurisdicional

Para manter o bom atendimento, qualidade e celeridade na prestação jurisdicional, a diretoria do Fórum Desembargador João Sérgio Maia, na Comarca de Catolé do Rocha,  planeja dar continuidade ao uso da tecnologia virtual. Na unidade, funcionam três Varas Mistas, com competências variadas, envolvendo feitos nas áreas Cível, Família, Criminal, Fazenda Pública e Infância e Juventude.

Juíza Fernanda Paz

A diretora do Fórum, juíza Fernanda de Araújo Paz, explicou que pretender dar continuidade ao trabalho que vinha sendo desenvolvido pelo juiz Renato Levi Dantas, que a substituiu durante o período em que ela esteve licenciada, no que se refere à adoção das tecnologias disponíveis, as quais, em sua opinião, proporcionaram a realização de atos processuais com menos custos, mais celeridade e maior facilidade de acesso ao Poder Judiciário, demonstrando a necessidade de aprimorar tais práticas, a exemplo das audiências por meio de videoconferência e o atendimento virtual.

Segundo a titular da 2ª Vara e substituta na 1ª Vara, em 2020 foi um desafio promover a jurisdição, em alguns aspectos, de maneira diversa da que estavam habituados a executar, e que, por sorte, já contavam com tecnologia para tanto. 

“Pretendemos continuar o excelente trabalho desenvolvido por Renato Levi, com a instalação dos postos avançados de atendimento, além de outras medidas que possam contribuir para o aprimoramento da prestação jurisdicional”, comentou a diretora. Segundo ela, todas as unidades judiciárias da Comarca, inclusive os magistrados, disponibilizam aos jurisdicionados um canal de comunicação, por meio dos respectivos telefones funcionais, amplamente divulgados no site do Tribunal de Justiça (www.tjpb.jus.br).

Juiz Renato Levi

O juiz Renato Levi (titular da 3ª Vara Mista) explicou que a pretensão é dar seguimento no uso da tecnologia e inserir a Comarca de Catolé, de vez, no eixo digital. “A tecnologia nos aproximou da população através dos postos avançados. Aproximou a população das informações processuais, por meio do Processo Judicial eletrônico e pelo atendimento eletrônico, via e-mail e WhatsApp. Seguiremos nesse propósito”, pontuou.

De acordo com informações da gerente do Fórum, Lucimeire de Oliveira Veras Guedes, a Comarca realiza cerca de 60 atendimentos por mês, sendo uma média de 25 por cada Vara Mista. Atuam na unidade judiciária 45 pessoas, entre magistrados, servidores e assessores.

Além de Catolé do Rocha, são abrangidas pelos trabalhos da Comarca as cidades de Belém do Brejo do Cruz, Bom Sucesso, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Jericó, Mato Grosso, Riacho dos Cavalos e São José do Brejo do Cruz.

Por Lila Santos/Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611