Conteúdo Principal
Publicado em: 29/05/2024 - 09h18 Atualizado em: 29/05/2024 - 18h35 Tags: Infância e Juventude, Festa da Adoção

Despertar o amor: Festa da Adoção reúne 73 crianças e adolescentes acolhidos de instituições de JP

Festa da Adoção
A Festa da Adoção promoveu dia lúdico a crianças aptas à adoção

Em um espaço lúdico, com muita brincadeira, guloseimas e alegria, 73 acolhidos, entre crianças e adolescentes, que vivem em seis instituições localizadas em João Pessoa, à espera de adoção, tiveram uma tarde diferente nessa terça-feira (28). Elas participaram da Festa da Adoção, realizada na casa de recepção Popótamus Buffet, que contou também com a participação de pessoas que pretendem adotar e algumas que já passaram pelo processo de adoção.

Este é o 6º ano que acontece o evento, o qual tem por finalidade despertar o amor, aproximando os acolhidos dos pretendentes ao ato de adoção, além de encerrar a programação da campanha de incentivo à adoção: ‘Não resista ao amor! Adote!’. As ações integram as atividades alusivas ao mês de maio, especialmente o Dia Nacional da Adoção (25/05), bem como, a Semana Estadual da Adoção, que ocorreu de 20 a 25 de maio.

Festa da Adoção
João Benedito, magistrados e servidores da Vara da Infância

A Festa é promovida pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, por meio da 1ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de João Pessoa, em parceria com o Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, com o apoio da Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (Aemp), Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (Coinju), da Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) e o Centro Integrado de Ações Comunitárias pela Vida (Cicovi).

O presidente do Poder Judiciário estadual, desembargador João Benedito da Silva disse estar muito feliz e agradecido pela oportunidade de participar da Festa da Adoção. Ele destacou o engajamento do magistrado Adhailton Lacet e os demais envolvidos na preparação e realização do evento.

“Isso é um ato de amor, tanto da parte de quem acolhe uma criança no seu lar, como é um ato de amor daquelas pessoas trabalhando no processo, fazendo com que esses encontros aconteçam”, comentou o presidente João Benedito.

-
Juiz Adhailton Lacet

Para o magistrado da 1ª Vara da Infância e Juventude, Adhailton Lacet Porto, mesmo sendo a sexta edição do evento, a Festa da Adoção é motivo de muita alegria. Segundo pontuou, desde a primeira edição e nas demais o evento vem congregando apoiadores e parceiros, citando a Aemp que veio somar este ano com a iniciativa, engrandecendo a festa.

“Nosso maior objetivo, não é só o momento lúdico, mas que as pessoas, sobretudo aquelas que estão no Cadastro Nacional de Adoção, conheçam as crianças, se sensibilizem, tenham essa possibilidade de vê que nem só bebês estão passíveis de adoção e que se pode adotar uma criança maior, um adolescente. É este o nosso desafio”, reforçou o magistrado.

Adhailton Lacet enfatizou, ainda, a priorização na defesa dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes, especialmente no que se refere ao lazer, à saúde, educação, esporte e, especialmente, à convivência familiar.

Presidente da Aemp, Glória Oliveira

Apoiando a Festa da Adoção pela primeira vez, a presidente da Associação das Esposas dos Magistrados e das Magistradas da Paraíba, defensora pública Maria da Glória Oliveira, ressaltou a felicidade em estar ajudando a Infância e Juventude com o projeto de incentivo à adoção.

“Esta iniciativa é maravilhosa, de conseguir pais e mães para estas crianças tão necessitadas de carinho, afeto e de um lar. A Aemp se sente engajada nesta luta. Esperamos que aqui consigamos alcançar nosso objetivo, que é trazer mais amor para estas crianças”, reforçou.

-
Promotora Soraya Nóbrega

Por sua vez, a promotora de justiça Soraya Nóbrega salientou que mesmo estando no sexto ano da Festa da Adoção há sempre algo diferenciado, como o brilho nos olhos das crianças e dos adolescentes, realçando a importância deles estarem em um ambiente de lazer e com outras crianças fora do acolhimento.

“Nós, promotoria, Infância e Juventude, Defensoria, estamos sempre nessa união para proporcionar o melhor para estas crianças e adolescentes. O que mais nos deixa felizes é saber que estamos cumprindo nosso papel, que está no artigo 19, do Estatuto da Criança e do Adolescente, que é o direito da criança de estar e viver em família”, frisou.

-
Defensora Elza Oliveira

A defensora pública Elza Oliveira Lima que atua há três anos na Vara da Infância e Juventude, destacou a importância da Defensoria no processo de adoção, tendo em vista que a maioria das pessoas procura o órgão para dar início ao processo.

“Nós recebemos os pais que querem adotar, orientamos sobre a documentação necessária e instruímos sobre os passos para a adoção. Adotar é ter um filho, é o amor, no qual a pessoa que adota vai dá uma chance de vida a uma criança, de reviver em uma família, com amor, carinho e todos os direitos, realçou.

-
Psicóloga Georgina Urquiza

Experiência - A psicóloga Georgina Urquiza, junto com o marido, Alberto Jorge Urquiza, tiveram três filhos biológicos, já  são adultos, e adotaram mais três, uma menina, na época com dois dias de nascida, hoje com 39 anos, e um casal de irmãos, ela com sete anos, agora tem 22, e o menino com quatro, atualmente está com 19 anos, sendo o único que reside com a família.

“Eu trabalhava no Lar Jesus de Nazaré, sempre foi o meu ambiente de trabalho e lhe dava com crianças com vulnerabilidade social. Sei o que é a importância da adoção, bem como, acho muito positiva a iniciativa desta festa. Minha família é feliz”, exaltou a psicóloga.

Também prestigiaram a Festa da Adoção as magistradas auxiliares da Presidência do Tribunal de Justiça, Michelini Jatobá e Lua Yamaoca, além de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Paraíba, de entidades apoiadoras, a equipe da 1ª Vara da Infância e Juventude e convidados.

Por Lila Santos

 

Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
Festa da Adoção
-
-
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611