Conteúdo Principal
Publicado em: 23/11/2020 - 18h28 Atualizado em: 23/11/2020 - 19h38 Comarca: Cabedelo Tags: Fórum de Cabedelo, Inaugura brinquedoteca

Fórum de Cabedelo inaugura brinquedoteca e garante bem-estar social para os filhos dos jurisdicionados

Fórum de Cabedelo inaugura brinquedoteca e garante bem-estar social para os filhos dos jurisdicionados / Fotos prints: Ednaldo Araújo

Os jurisdicionados que precisam participar de audiências no Fórum da Comarca de Cabedelo, mas não tinham com quem deixar seus filhos em suas residências, agora contam com um espaço lúdico na unidade judiciária. Foi inaugurada, virtualmente, na tarde desta segunda-feira (23), uma brinquedoteca nas dependências do Fórum ‘Desembargador Júlio Aurélio Moreira Coutinho’. A fita simbólica de inauguração foi cortada, presencialmente, pelo juiz João Machado de Souza Júnior, titular da 5ª Vara Mista.
 

O ambiente é todo climatizado e terá à disposição das crianças brinquedos, lápis de pintar e papel para desenhar. O horário de funcionamento da brinquedoteca é o mesmo do expediente do Fórum, ou seja, das 13h às 18h até o final deste ano. A partir de janeiro de 2021, após o término do recesso forense, o acesso ao local será das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira.

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, participou de forma remota da inauguração. Ele enfatizou que sua gestão tem várias metas e uma delas tem correlação com o bem-estar dos jurisdicionados, que frequentam os fóruns. “Como dever constitucional de proteção à infância, vários juízes, e com muito orgulho a Dra. Giovanna, dentro do Fórum de Cabedelo, têm propiciado essa ferramenta de bem-estar social para as famílias”, disse.

Presidente Márcio Murilo

Na ocasião, o desembargador-presidente parabenizou à diretora do Fórum, juíza Giovanna Leite Lisboa, pela idealização da iniciativa. “Isso mostra a proatividade do magistrado paraibano, que além de ter aumentado, e muito, a sua produtividade, também não esquece de acolher bem o jurisdicionado”, afirmou Márcio Murilo.

Juíza Giovanna Lisboa

A juíza Giovanna Lisboa ressaltou que, desde quando assumiu a direção da unidade em fevereiro de 2019, verificou, como mãe e magistrada, a necessidade de ter um espaço humanizado para crianças, onde elas pudessem permanecer esperando os pais que estivessem em audiência, por exemplo, sem ficar nos corredores, ouvindo assuntos e até discussões das quais não deveriam participar.

“Essa foi uma meta desde meu primeiro dia, que conseguimos cumprir agora, exclusivamente, com recursos destinados pelo TJPB a título de adiantamento. Além disso, cada espaço foi idealizado de maneira carinhosa”, disse à magistrada Giovanna Lisboa, acrescentando que toda parte estrutural foi feita pelo TJPB e os painéis, que são manuais, foram uma forma de valorizar a mão de obra e os profissionais que lidam com crianças.

Desembargador Fred Coutinho

Também presente on-line ao evento, o desembargador Fred Coutinho disse que é feliz a iniciativa de se inserir uma brinquedoteca no Fórum de Cabedelo, para oportunizar as crianças que brinquem enquanto seus familiares estejam resolvendo assuntos naquela localidade. “É um gesto de humanização e de muita sensibilidade, estando de parabéns a juíza Giovanna Lisboa por ter efetivado tamanha iniciativa, bem como o desembargador Márcio Murilo por ter apoiado desde o início essa ação”, afirmou o desembargador Fred, ressaltando que as crianças, agora, serão acolhidas num ambiente próprio.

A juíza da 1ª Vara Mista de Cabedelo, Graziela Queiroga Gadelha de Sousa, parabenizou a iniciativa de humanizar cada vez mais os espaços dos fóruns. “Oferecer às crianças, que normalmente acompanham os pais em audiências de Família e de casos de Violência Doméstica, esse espaço lúdico é muito importante. A Justiça quando faz isso, se aproxima cada vez mais do cidadão e cumpre melhor o seu papel social”, destacou.

Os brinquedos disponibilizados foram doados pela empresa Casa Tudo e o Supermercado Assis, além da fabricação própria pelas apenadas do presídio Júlia Maranhão, como forma de ajudar no processo de ressocialização das detentas. 

Em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a brinquedoteca, neste momento de distanciamento, só poderá atender seis crianças dentro do mesmo espaço.

Ainda estiveram presente à inauguração on-line os juízes José Herbert Lisboa, Gustavo Procópio e Paulo Régis de Oliveira Lima; os procuradores do Município de Cabedelo e Lucena, João Neto e Francisco Carlos, respectivamente; além de servidores do Poder Judiciário estadual.

Por Marcus Vinícius/Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611