Conteúdo Principal
Publicado em: 21/07/2022 - 09h06 Atualizado em: 21/07/2022 - 12h04 Tags: GEVID, Gevid, Julho Amarelo

Julho Amarelo: Gevid alerta para a prevenção contra as hepatites virais

Logo do Julho Amarelo

A Gerência de Qualidade de Vida (Gevid) do Tribunal de Justiça da Paraíba alerta para a importância da Campanha “Julho Amarelo”, que tem por objetivo reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais.

A médica Januária de Queiroz Porto, integrante da Gevid, explicou que a hepatite é uma inflamação do fígado causada por vírus, que pode ter a origem em diversas situações. “Podemos prevenir essas infecções virais através de vacinas e com bons hábitos de higiene”, ressaltou.

A médica pontuou, ainda, que as hepatites são identificadas por letras (A, B, C, D e E), enfatizando que os tipos B e C são os maiores causadores de cirrose e câncer hepático, com um padrão mais crônico. Januária evidenciou, também, que, juntamente, com a Hepatite D, são transmitidos por meio do contato com o sangue ou outros fluídos corporais contaminados, principalmente, através do contato sexual, da transfusão sanguínea ou uso de instrumentos utilizados por pessoas que já possuam a doença.

“As hepatites tipo A e E são tipicamente causadas pela ingestão de água e comidas contaminadas e geralmente têm um padrão mais agudo da doença. Os sintomas são vários, mas podem ser percebidos facilmente por uma coloração mais amarelada da pele, dos olhos, a urina um pouco mais escura, um cansaço extremo, muitas vezes acompanhado de dor abdominal, náuseas e vômitos”, alertou Januária de Queiroz.

Ela enfatizou, ainda, que são doenças graves, mas que podem ser controladas, desde que o diagnóstico seja precoce, bem como, com a prevenção por meio da vacinação, ajuda a evitar a gravidade da infecção. “Tanto nos SUS, como na rede particular encontramos, com facilidade, vacinas para os tipos A e B”, lembrou.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611