Conteúdo Principal
Publicado em: 23/09/2022 - 10h49 Atualizado em: 23/09/2022 - 13h52 Tags: DITEC, Token Pje

Magistrados e servidores tiram dúvidas sobre o Token Pje durante webinário 

-

Mais de 80 pessoas, entre, juízes e servidores, esclareceram as dúvidas, durante o Webinário, ocorrido nesta sexta-feira (23), que tratou sobre a utilização do Token Pje, aplicativo que substitui a assinatura digital dos documentos do Processo Judicial Eletrônico, através de pareamento com o uso de dispositivo móvel. 

A videoconferência, promovida pela Diretoria de Tecnologia da Informação do Tribunal de justiça da Paraíba, foi aberta pelo juiz auxiliar da Presidência, Euler Paulo de Moura Jansen. O magistrado explicou que a mudança decorreu de uma necessidade emergencial, por conta da licitação fracassada para a renovação da certificação digital, enfatizando que os grandes avanços tecnológicos ocorrem em meio a períodos conturbados, a exemplo da pandemia. 

“Essa equipe da Ditec tem trabalhado diuturnamente para sanar os problemas, de forma que não haverá interrupção dos trabalhos”, revelou, Euler Jansen, agradecendo a atenção e participação de todos.

O diretor de Tecnologia da Informação, Ney Robson Pereira também teceu explicações sobre o funcionamento da nova ferramenta, dirimindo dúvidas dos participantes. Ele informou que um novo processo licitatório para a contratação da empresa responsável pela certificação para a assinatura digital está em andamento. 

“Iremos fazer um atendimento personalizado voltado aos usuários internos que estão com o Token a vencer ou vencido, de forma que ninguém vai ficar sem poder trabalhar. Agradeço, na oportunidade, a atenção de todos, e ao TJ do Rio Grande do Norte, nas pessoas do diretor de Tecnologia, Gerânio Gomes, e Pablo Medeiros, assessor de Contratos de Certificados Digitais, foram os primeiros a nos ajudar com relação à certificação digital”, comentou Ney Robson.

Da conferência na web, ainda, participaram o gerente do Pje, Marcone Edson, o gerente de Atendimento, Fábio de Alencar e o técnico Judiciário do Cartório Unificado Cível da Capital, Francimário Furtado, responsável pela demonstração do funcionamento do sistema, desde a instalação do aplicativo, pareamento do dispositivo com o Pje e a assinatura dos documentos.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611