Conteúdo Principal
Publicado em: 20/10/2020 - 09h48 Tags: Cartórios Unificados, Juizados, Fazenda Pública da Capital

Têm início reformas para instalação dos Cartórios Unificados dos Juizados e Fazenda Pública da Capital

Dando continuidade à Política de Valorização do 1º Grau, tiveram início, nesta segunda-feira (19), as obras de reformas para adaptação das salas do 1º e 6º andares do Fórum Cível da Comarca da Capital. Nos ambientes, serão instalados os Cartórios Estaduais Unificados (CEUs) dos Juizados Especiais e da Fazenda Pública, que passarão a funcionar com mobília nova e padronizada. Segundo a supervisora de Arquitetura do Tribunal de Justiça da Paraíba, os serviços foram divididos em duas etapas. Na próxima, serão contemplados os demais pavimentos (3º, 4º, 5º, 7º e 8º) do Fórum.

O presidente do TJPB, desembargador Márcio Murilo, informou que nas novas unidades haverá gabinetes privativos

para os juízes auxiliares com divisão de acervo e que a intenção é inaugurar os Cartórios Unificados ainda este ano. “As demais unificações, como as de varas cíveis, estão projetadas para serem feitas em seguida, se houver tempo”, disse, complementando que com a instalação do CEU, nos próximos anos, ficará mais fácil a criação de varas virtuais especializadas com jurisdição em todo o Estado. 

Já o diretor do Fórum Cível, juiz Carlos Sarmento, lembrou que no prédio já funciona o Cartório Unificado envolvendo as Varas de Família. O magistrado observou que não haverá prejuízo de descontinuidade para as atividades jurisdicionais, as quais continuarão ocorrendo, preferencialmente, por meio remoto. “Essa é mais uma das elogiadas iniciativas da atual gestão do TJ, sob a Presidência do desembargador Márcio Murilo, no propósito de melhor racionalizar e equalizar as atividades cartoriais, no objetivo de uma maior eficiência e celebridade na prestação jurisdicional”, pontuou o diretor.

Por sua vez, a supervisora de Arquitetura do TJPB, Marieta Dantas Tavares de Melo, informou que o término dos serviços no 1º andar está previsto para sexta-feira (23), e na próxima segunda terão início os trabalhos no 6º andar. Ela destacou que serão executadas reformulações, também, nos ductos do sistema de ar condicionado e que as configurações das unificações dos Juizados e dos Cartórios da Fazenda Pública, o porquê da sedimentação por pavimento, tudo foi fruto de várias reuniões com o juiz Carlos Sarmento.

“O projeto foi feito, realmente, com o auxílio de Dr. Carlos Sarmento. Grande parte das diretrizes projetuais partiram dele. Nós executamos. Discutimos várias vezes nas diversas reuniões que tivemos, para chegarmos a esse denominador comum”, frisou a arquiteta, acentuando, igualmente, o mérito do trabalho em conjunto com a equipe do Setor de Arquitetura do Tribunal, e a supervisão do gerente de Apoio Operacional, Bruno Lins, aos serviços de mão de obra que estão sendo realizados.
 

Por Lila Santos/Gecom-TJPB

Compartilhar: Whatsapp
DICOM
Diretoria de Comunicação Institucional
  • imprensatjpb@gmail.com
  • (83) 3216-1611