Conteúdo Principal
Publicado em: 10/12/2021 - 15h30 Tags: Reunião, Comitê de Priorização do 1º Grau

Comitê de Priorização do 1º Grau se reúne para analisar última pauta administrativa do ano

Captura de tela da reunião do Comitê de Priorização do 1º Grau
Reunião do Comitê de Priorização do 1º Grau

Em mais uma reunião virtual, na manhã desta sexta-feira (10), integrantes do Comitê de Priorização do 1º Grau do Poder Judiciário estadual discutiram diversos temas, dentre eles, a análise das sugestões sobre readequação do cumprimento dos mandados nos plantões judiciários pelos Oficiais de Justiça e a criação de cartório virtual nas Varas com acervos paralisados. Na ocasião, o juiz diretor da Escola Superior da Magistratura, Antônio Silveira teceu explicações sobre os cursos promovidos pela Esma e outros convênios voltados para área jurídica.

O presidente do Comitê, que conduziu o encontro de trabalho online, Desembargador João Benedito da Silva, comentou que a pauta da reunião foi extensa e complexa, porém, que chegaram a um consenso. “Divergimos em alguns itens, mas chegamos a um denominador comum quanto aos temas mais delicados. Todos estão de parabéns, pela profundidade dos debates”, realçou, destacando que a próxima reunião acontecerá dia 11 de fevereiro de 2022.

Os membros aprovaram diversos encaminhamentos, dentre eles, que fosse oficiado à Esma, solicitando ampliar convênio com outras escolas; realizar estudo sobre possibilidade de liberação dos servidores para participarem dos cursos promovidos no horário do expediente; dar preferência para inscrição dos servidores(as) que estejam no período exigido para sua promoção, como também, expedir ofício para a Presidência solicitando que seja feito estudo para verificação de viabilidade do deslocamento para a Corregedoria das questões pertinentes ao cartório virtual e gabinete virtual, além de não tirar servidores(as) dos cartórios em que estejam lotados, mas que os escolhidos sejam bonificados pela atuação.

Participaram, igualmente, da reunião virtual o juiz auxiliar da Presidência, Euler Jansen, o juiz auxiliar da Corregedoria, Fábio Araújo, os magistrados Edivan Rodrigues, Manuel Maria Antunes, Fernanda Paz, José Ferreira Júnior, a gerente de Projetos e Estratégias do Tribunal, Carol Leal, a gerente do Fórum Cível de João Pessoa, Ana Valdete, os chefes da Central de Mandados da Capital e de Campina Grande, respectivamente, Emanuel Ramalho e Luciane Soares, o presidente do Sinjep, João Ramalho, e os servidores Newton Leal, Roberta Carvalho, Idres Neves, Fernanda Suassuna, Fernando Antério, Cláudia Gomes, Edilaerte Valério e Edson Roque.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611