Conteúdo Principal
Publicado em: 12/01/2021 - 08h46 Atualizado em: 12/01/2021 - 10h24 Tags: Juízes auxiliares, Presidência, Biênio 2021/2022

Desembargador Saulo Benevides anuncia os juízes auxiliares da Presidência para o biênio 2021/2022

Desembargador Saulo Benevides

O presidente eleito do Tribunal de Justiça da Paraíba para o biênio 2021/2022, desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, anunciou os nomes dos três juízes auxiliares da Presidência do Poder Judiciário estadual. Os magistrados que integrarão a equipe da próxima Mesa Diretora do TJPB são: Rodrigo Marques Silva Lima, Euler Paulo de Moura Jansen e Giovanni Magalhães Porto.
 

Juízes Rodrigo Marques, Euler Jansen e Giovanni Magalhães

Os juízes escolhidos aceitaram o convite do desembargador Saulo Benevides, que tomará posse no dia 1º de fevereiro, a partir das 16h, em sessão solene virtual, com transmissão ao vivo pelo canal oficial do Tribunal de Justiça da Paraíba no YouTube.

O magistrado Rodrigo Marques, titular da 6ª Vara Criminal da Comarca de João Pessoa, disse sentir-se feliz e honrado com o convite do desembargador Saulo Benevides para integrar a próxima gestão do TJPB. “Contribuir para o sucesso de sua gestão constitui um dever que deve observar a estatura ética e a história de justiça do próximo presidente, magistrado de muitos predicados.

Vislumbro a recondução à função já exercida como um voto de confiança na continuidade do trabalho desempenhado, a manifestação do desejo de permanência das conquistas e avanços alcançados”, ressaltou.
 
Rodrigo Marques ainda acrescentou: “Nesse panorama, almejo colaborar com muita energia na realização dos projetos do Tribunal, em consonância com o CNJ, perenizando e sempre intensificando os excelentes resultados alcançados na revolucionária gestão do desembargador Márcio Murilo. Assim, é com muita humildade que recebo essa relevante missão, cônscio de que deverei trabalhar para, diuturnamente, otimizar a prestação jurisdicional, servindo ao povo do meu Estado com zelo e denodo.”.

Por sua vez, Euler Jansen, juiz titular da 3ª Vara Mista da Comarca de Bayuex, falou que foi com surpresa e alegria que recebeu o convite do desembargador Saulo Benevides. “Afinal, é uma inegável honra, dentre tantos magistrados capazes de desempenhar essa tarefa, ter sido "pinçado" pelo desembargador Saulo Benevides, o qual admiro bem antes da minha posse como juiz, há 22 anos, para uma tarefa de confiança e colaborar com a sua gestão”, disse ressaltou.

Ele afirmou, ainda, que, quando um magistrado sai da sua jurisdição e envereda pela seara administrativa é um desafio, já que não são normalmente treinados para atuar nessa área. “No entanto, também pretendemos colaborar com a jurisdição numa escala diferenciada. Assim, pretendo colocar a serviço do desembargador-presidente e de todo o Judiciário paraibano o arcabouço de conhecimento acumulado ao longo dos anos de juiz, de servidor, na especialização em gestão judiciária, além de todos os conhecimentos que Deus me permitiu angariar para promover a eficiência da justiça”, enfatizou o juiz Euler.

Já o juiz Giovanni Magalhães, titular da 5ª Vara Criminal da Capital, que ficará responsável pela pasta de Precatórios, afirmou que é uma honra a indicação para participação na gestão vindoura, sob o comando do desembargador Saulo Benevides. “O desembargador Saulo é comprometido com a efetivação da prestação jurisdicional, o que redobra a responsabilidade e o meu compromisso de aprimorar esforços com muito trabalho e dedicação para que possamos avançar no excelente trabalho do setor, já realizado na atual gestão, pelo colega juiz Gustavo Procópio, de modo a implementar medidas que tornem ainda mais célere o pagamento dos precatórios aos respectivos credores”, pontou.


Por Marcus Vinícius/Gecom/TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611