Conteúdo Principal
Publicado em: 16/05/2022 - 10h26 Atualizado em: 16/05/2022 - 14h43 Tags: ESMA, Sindojus, curso

Diretor da Esma e presidente do Sindojus tratam de cursos voltados aos Oficiais de Justiça

reunião na esma
Reunião na Esma sobre cursos para oficiais de justiça

Abrir um canal de diálogo com o Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba (Sindojus) para a realização de cursos na área de segurança voltado à categoria, foi a pauta da reunião entre o Diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), Desembargador Ricardo Vital de Almeida, e o presidente da entidade, Joselito Bandeira, ocorrida na última sexta-feira (13) na sede da instituição de ensino, em João Pessoa.

O encontro contou ainda com a presença do Diretor Ajunto da Esma, juiz Antônio Silveira Neto, e do supervisor de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça da Paraíba, major Álvaro Filho.

O Desembargador Ricardo Vital afirmou que a Escola vai promover, no segundo semestre deste ano, o Curso de Gerenciamento de Crises e Mediação de Conflitos com enfoque na área de segurança, bem como ficou deliberado que a Esma, com anuência da Presidência do TJPB, entrará em contado com a Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), já que promove Curso de Defesa Pessoal e Direção Defensiva, para solicitar a realização das referidas capacitações, com exclusividades para os oficiais.

O juiz Antônio Silveira destacou a importância dos Oficiais de Justiça e disse que o Sindojus já é uma instituição parceira na promoção de capacitações voltadas aos profissionais. “Os Oficiais de Justiça são servidores importantes para o Poder Judiciário e estão nas ruas cumprindo os mandados judiciais e, portanto, precisam dessa atenção de serem capacitados para ter cuidado com sua segurança pessoal e de seus familiares”, disse Silveira.

O magistrado enfatizou, ainda, que a expectativa é de atingir toda a categoria, apesar da limitação orçamentária, já que são mais de 700 Oficiais de Justiça em todo o Estado. “Pretendemos abrir várias turmas de forma remota dependendo da adesão dos interessados”, frisou o diretor adjunto.

Durante a reunião, Joselito Bandeira apresentou proposta de cursos na área de segurança para os Oficiais. O presidente do Sindojus ressaltou que as capacitações dos Oficiais está em conformidade com os princípios e diretrizes da política nacional, bem como é uma determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de capacitar e equiparar os profissionais na área de segurança.

“Estamos buscando a qualificação do Oficial de Justiça, mas o maior beneficiário disso é o próprio Poder Judiciário que passa a ter profissionais melhores qualificados para cumprir o princípio constitucional da eficiência da Administração Pública. Então é como esse espírito de contribuir com a gestão e de prestar um serviço cada vez com melhor qualidade, que o Sindojus veio buscar esse diálogo com a Esma”, disse Joselito Bandeira, acrescentando que, nunca houve curso para Oficiais de Justiça na área de segurança.


Por Marcus Vinícius

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611