Conteúdo Principal
Publicado em: 20/05/2020 - 18h39 Comarca: Alagoinha Tags: Casamento por videoconferência, Comarca de Alagoinha

Juiz de Alagoinha realiza casamento por videoconferência

Na manhã desta quarta-feira (20), o juiz José Jackson Guimarães realizou um casamento por videoconferência na Comarca de Alagoinha, onde atua como substituto. O casamento foi realizado pelo sistema Zoom, e coordenado pelo servidor André de Souza Cruz, que se encontrava em home office. O magistrado estava em trabalho remoto em João Pessoa, e os nubentes Antônio Crispim da Silva e Elizabeth Souza de Oliveira no Cartório de Registro de Pessoas Naturais.

O casamento aconteceu de modo remoto em virtude da pandemia causada pela Covid-19. O tabelião Hamlet Pimentel de Oliveira Neto, do Cartório do Registro Civil das Pessoas Naturais de Alagoinha, definiu dia e horário e levou os noivos para seu estabelecimento. O servidor André de Sousa Cruz enviou um link para os noivos e para o magistrado.

“Os nubentes ficaram em frente ao computador e realizei a cerimônia, mais simples do que normalmente fazia na forma presencial. Após a anuência dos  noivos, os declarei casados. A experiência foi interessante, pois temos que evitar o contato presencial para prevenção do contágio à Covid-19”, disse o magistrado Jackson Guimarães, acrescentando que com o conhecimento do sistema de videoconferência é possível realizar mais casamentos, ficando os noivos nas suas residências.

“Foi ótimo, uma experiência única. Fiquei muito feliz por não precisar adiar o casamento, após tanta expectativa que criamos para esse momento”, ressaltou Antônio Crispim.

Por Gabriella Guedes/Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611