Conteúdo Principal
Publicado em: 15/01/2021 - 13h59 Tags: Produtividade, Ranking Nacional

Justiça paraibana prolata mais de 240 mil sentenças e fica em 3º lugar entre os doze TJs de pequeno porte

A última atualização do Painel de Produtividade Semanal – Covid-19, do Conselho Nacional de Justiça, revela que, ao chegar à 42ª semana de trabalhos remotos (28/12/2020 à 03/01/2021), o Poder Judiciário estadual paraibano já acumula, ao longo deste período, um total de 243.381 sentenças e acórdãos, o que colocou o TJPB no 3º lugar entre os TJs de pequeno porte do país. Houve, também, 830.891 despachos (1º lugar), 231.787 decisões (5º lugar) e 4.317.847 atos cumpridos por servidores (9º lugar).

Os resultados demonstrados pelo CNJ consideram os trabalhos remotos realizados por todos os tribunais do país (divididos em pequeno, médio e grande porte), que vêm sendo realizados desde março de 2020, devido à permanência da crise sanitária ocasionada pela pandemia do novo coronavírus.

O Rankink do CNJ relatou, também, que, só na última semana avaliada, as sentenças e acórdãos prolatados pela Justiça estadual paraibana somaram 854. As decisões chegaram a 1.025 e houve, no período, o registro de 2.374 despachos e 13.137 atos cumpridos por servidores.

O Painel disponibiliza, ainda, os valores liberados decorrentes de indenizações judiciais voltados à contenção da Covid-19 e enfrentamento aos seus efeitos. Neste aspecto, o TJPB se mantém em 2º lugar entre os tribunais de pequeno porte, com a liberação, até o momento, de R$ 4.655.783,95 para a causa.

Os tribunais de pequeno porte compreendem, além do TJPB, os TJs de Alagoas, Amapá, Amazonas (estes três não enviaram dados relativos à última semana), Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Piauí, Sergipe, Acre, Roraima, e Tocantins.


Por Gabriela Parente / Gecom – TJPB