Conteúdo Principal
Publicado em: 25/08/2021 - 13h23 Tags: Pesquisa, Covid, Gevid

Pesquisa que traçará perfil epidemiológico da Covid-19 no TJPB teve 4.238 formulários respondidos

Uma das medidas adotadas pela Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, dentro da política de retorno gradual ao trabalho presencial em todas as comarcas e setores administrativos do Judiciário estadual, foi o preenchimento e envio obrigatório de um questionário eletrônico, que vai traçar um perfil epidemiológico da Covid-19, no âmbito do TJPB. Magistrados, servidores, colaboradores e estagiários tiveram até sexta-feira passada (20), para enviarem o questionário devidamente respondido.

Segundo dados da Gerência de Qualidade de Vida (Gevid), vinculada à Diretoria de Gestão de Pessoas do TJPB, foram encaminhados 4.238, formulários, sendo 3.331 de servidores; 179 de juízes; 455 do pessoal terceirizado; 142 de estagiários; e 161 com a categoria “outros”, que inclui voluntários. Algumas categorias tiveram a opção de envio no formato de planilha via e-mail.

“Já estamos trabalhando na elaboração de um perfil do nosso quadro, em relação a pandemia do novo coronavírus. Esse documento será encaminhado ao Grupo de Trabalho do Retorno Gradual e Sistematizado das Atividades Presenciais do Poder Judiciário do Estado da Paraíba”, adiantou a gerente substituta da Gevid, Daniela Menezes. O questionário, disponível na Intranet do TJPB, foi oficializado pelo Ato da Presidência nº 53/2021.

A Gevid elaborou o questionário eletrônico para levantar os dados necessários e colaborar, efetivamente, com o prudente retorno gradual ao trabalho presencial mais amplo, sem perder de vista a biossegurança de todos que atuam no Judiciário paraibano. A Gerência de Qualidade de Vida quis saber dos profissionais do TJPB, entre outras questões, quem está vacinado (uma a primeira ou segunda doses); fabricante da vacina e quem convive com pessoas de algum grupo de risco.

Por Fernando Patriota

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611