Conteúdo Principal
Publicado em: 25/06/2024 - 11h26 Atualizado em: 25/06/2024 - 18h52 Tags: Racismo, Evento, Inscrições

Terminam nesta terça-feira inscrições para o evento ‘Racismo não é opinião. É crime!’ 

-

As inscrições para o evento ‘Racismo não é opinião. É crime!’ terminam nesta terça-feira (25). Magistrados(as) e servidores (as) do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) interessados em participar devem seguir um caminho simples. Basta acessar o link https://forms.gle/md449pWCiNTeUkAJ6 e preencher o formulário de inscrição.

A iniciativa promovida pelo Comitê Permanente pela Promoção da Equidade Racial (CPPER) do TJPB será realizada na quinta-feira (27), das 8h às 18h, no auditório da Escola Superior da Magistratura (Esma), em João Pessoa. Veja a programação completa abaixo.

Durante as atividades, ocorrerão oficinas, apresentações culturais e palestras, com os seguintes temas: Diversidade Étnico-Racial; A importância das bancas de heteroidentificação para a política de cotas; Democracia Racial e racismo recreativo: as faces de uma violência permanente; O racismo como fenômeno social, e a necessidade de superar o racismo em todas as suas formas; e Violência de Gênero tem cor, entre outras temáticas.

A campanha ‘Racismo não é opinião. É crime!’ é promovida pelo Comitê de Equidade Racial, com apoio da Presidência do TJPB, da Corregedoria-Geral de Justiça, da Esma e da Associação dos Magistrados da Paraíba, com a participação, ainda, de várias entidades ligadas ao meio cultural, à promoção da diversidade e da equidade racial e tem o apoio das TVs Cabo Branco e Paraíba, afiliadas da Rede Globo.
 

Programação:

Manhã

8h20 às 9h – Apresentação Cultural – Maracatu Quilombo Nagô

9h às 09h30 – Mesa de Abertura

09h30 às 10h30 –  Negritude em Debate (parte I)

Palestras:

- Diversidade Étnico- Racial - Profa. Dra. Janine Marta Coelho Rodrigues

- A importância das bancas de heteroidentificação para a política de cotas – Prof. Dr. José Antonio Novaes da Silva

10h30 às 10h50 – Coffee Break

10h50 às 12h30 –  Negritude em Debate (parte II)

- Democracia Racial e racismo recreativo: as faces de uma violência permanente – Prof. Dr. Ariosvalber de Souza Oliveira

- O racismo como fenômeno social, e a necessidade de superar o racismo em todas as suas formas – Procurador José Godoy

- Violência de Gênero tem cor – Ana Christina Soares Penazzi Coelho

MEDIADORES(AS):

- Juiz Jailson Shizue 

- Daiane Lins da Silva Firino

Tarde

14h às 15h – Oficinas

Penteado Afro

Contação de Histórias Afro

Dança Afro

Grafismo indígena

15h – Apresentação Cultural  

Performance Desenrolar – Fernanda Maria Ferreira Santos

15h30 às 17h30 - Questões atuais e experiências sobre Negritude e Povos Tradicionais

Palestras:

- Branqueamento e o pacto do branquitude – Prof. Dr. José Baptista de Mello Neto

- Quilombola - Mestra Ana do Coco

- Indígena - Cacique Ednaldo dos Santos Silva 

- Movimento negro - Leonardo Ferreira da Silva

MEDIADORES(AS) 

- Juiz Manoel Abrantes

- Viviane Rodrigues

Resolução - Em novembro de 2023, por meio da Resolução nº 36/2023, o Tribunal de Justiça da Paraíba instituiu o Comitê Permanente de Promoção da Equidade Racial no âmbito do Poder Judiciário estadual. O ato foi assinado pelo presidente da Corte, desembargador João Benedito da Silva.

A equipe é composta, ainda, pelos juízes Manoel Gonçalves Dantas de Abrantes e Jailson Shizue Suassuna (gestor local do Pacto Nacional do Judiciário pela Equidade Racial); das servidoras Ana Carolina Fernandes Quixaba (2º Grau) e Viviane Rodrigues Ferreira (1º Grau); do diretor de Gestão de Pessoas, Einstein Roosevelt Leite; e da representante da Esma, Daiane Lins da Silva Firino.

Por Nice Almeida

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611