Conteúdo Principal
Publicado em: 19/03/2021 - 19h21 Atualizado em: 22/03/2021 - 11h15 Comarca: Campina Grande Tags: SATJ, Sala Virtual de Atendimento à distância, Campina Grande

Tribunal de Justiça inaugura Sala Virtual de Atendimento a Distância, em Campina Grande

Tribunal de Justiça inaugura Sala Virtual de Atendimento à Distância, em Campina Grande / Fotos prints Ednaldo Araújo

O Tribunal de Justiça da Paraíba instalou nesta quinta-feira, 18, a Sala Virtual de Atendimento a Distância (SATJ) no Fórum Afonso Campos, em Campina Grande.  As salas de atendimento a distância foram criadas com a finalidade de ampliar e facilitar o acesso à Justiça, mediante a realização de atos processuais por videoconferência, diretamente pelo juízo da causa deste ou de outros tribunais, para os participantes que apresentem dificuldades técnicas para acessarem a internet ou os aplicativos de reuniões virtuais.
 

Presidente Saulo Benevides

O Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Saulo Benevides, que já havia instalado uma sala semelhante no Fórum Criminal de João Pessoa, considera as salas virtuais nos Fóruns um passo enorme em direção à modernidade do judiciário. “Graças à tecnologia podemos dar mais celeridade aos processos, o que atende ao princípio da eficiência do serviço público”, afirmou o Desembargador.

“Esse é um momento histórico. Com essa iniciativa os próprios juízes deprecantes vão poder ouvir diretamente as testemunhas no Fórum de Campina Grande”, disse a vice-presidente do Tribunal de Justiça, Desembargadora Maria das Graças Morais Guedes. O corregedor geral, Desembargador Frederico Coutinho, disse que esse é um novo tempo. “Um tempo que veio para ficar e trazer dinamismo ao judiciário”, afirmou.

Juiz Vandemberg Freitas

Para o diretor do Fórum Afonso Campos, juiz Vandemberg Freitas, a Sala Virtual de Atendimento a Distância traz um ganho muito grande para o judiciário em Campina Grande. Ele agradeceu ao Presidente do TJ e se colocou à disposição para contribuir com a gestão. 

O defensor público, José Alípio, lembrou que os assistidos da Defensoria são pessoas, em sua maioria, abaixo da linha de pobreza, que muitas vezes não possuem celular, e quando tem, não comporta os recursos necessários, de modo que a Sala Virtual será de grande importância para essa parcela da população. 
 

O presidente da Associação dos Magistrados, Max Nunes, disse que a inciativa representa celeridade processual, uma vez que dispensa o ato do juiz deprecado fazer a inquirição da testemunha. Também participaram da solenidade de inauguração os Desembargadores Ricardo Vital de Almeida e Arnóbio Alves Teodósio.  

A Sala Virtual de Atendimento é uma forma de facilitar o acesso à Justiça porque algumas pessoas ainda não dispõem de equipamentos eletrônicos ou internet própria para realização de audiências virtuais. Assim, para dar celeridade e um fluxo melhor aos processos, a Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba está estimulando a instalação, em todos os Fóruns da Paraíba, desses ambientes onde a testemunha, por exemplo, possa chegar e, independentemente de ter acesso privado à internet com o seu smartphone ou computador, possa ser ouvida por qualquer juiz do Estado ou do País, facilitando, portanto, as audiências em todo território nacional. 

Por Walquiria Maria-Gecom/TJPB



 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611