Conteúdo Principal
Publicado em: 03/10/2018 - 14h23 Comarca: Caiçara Tags: Meta 2

Comarca de Caiçara supera cumprimento  da Meta 2 do CNJ antes do prazo previsto 

As Metas 4 e 6 também foram cumpridas pela unidade judiciária

A Comarca de Caiçara superou, no mês de setembro, o parâmetro de cumprimento da Meta 2 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ao julgar 81% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014. “Até o final do mês de agosto, esse percentual foi atingido, superando, assim, a meta prevista para dezembro. Vale salientar que parte dos processos julgados teve início há mais de uma década”, ressaltou a diretora do Fórum, juíza Luciana Celle Gomes de Morais Rodrigues, acrescentando que o resultado foi obtido graças ao apoio da equipe.

A Meta 2 visa identificar e julgar, até 31 de dezembro do corrente ano, pelo menos, 80% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2014, no 1º grau; 80% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2015, no 2º grau; e 90% dos processos distribuídos até 31 de dezembro de 2015, nos Juizados Especiais e Turmas Recursais. 

A juíza acrescentou que iniciou o ano judiciário de 2018 com o objetivo de empreender esforços para alcançar a meta em questão, ainda no primeiro semestre. “No entanto, com os reajustes feitos nos parâmetros da Resolução 76/2009 do CNJ, que trata dos indicadores do Poder Judiciário, o número de processos acrescentados à lista de Caiçara aumentou consideravelmente. Graças aos esforços em conjunto deste gabinete, equipe cartorária, oficiais de justiça, estagiários e voluntários, pudemos, em pouco tempo, ultrapassar a meta firmada pelo CNJ para este ano de 2018”, afirmou. 

O analista judiciário e chefe de Cartório, Ítalo Macedo Barreto, disse que, para atingir à meta, primeiro foi feito um esforço no sentido de empreender um trabalho contínuo, a partir de uma estratégia traçada. “Os processos foram separados estrategicamente.  Demos atenção especial aos prazos, conferindo diariamente o andamento dos feitos, com conclusão e cumprimentos imediatos.”, salientou. 

Equipe – Além do gerente Ítalo Macedo, a equipe do Fórum da Comarca de Caiçara é formada pelos técnicos judiciários Rubens Pires da Costa, Dayane Kelly Almeida Soares, Jocelino Tomaz de Lima e Carlos Alberto de Carvalho; pelos oficiais de justiça Francisco Felipe de Araújo e Josinaldo Santana dos Santos; pela estagiária Juliana Pereira da Silva e pela voluntária Camila Silva de Araújo.

Meta 4 de 2018 - Priorizar o julgamento dos processos relativos à corrupção e à improbidade administrativa. Identificar e julgar, até 31/12/2018, 70% das ações de improbidade administrativa e das ações penais relacionadas a crimes contra a administração pública distribuídas até 31/12/2015, em especial a corrupção ativa e passiva, peculato em geral e concussão.

Meta 6 de 2018 - Priorizar o julgamento das ações coletivas Identificar e Julgar, até 31/12/2018, 60% das ações coletivas distribuídas até 31/12/2015 no 1o grau, e 80% das ações coletivas distribuídas até 31/12/2016 no 2o grau.

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611