Conteúdo Principal
Publicado em: 29/06/2020 - 16h07 Atualizado em: 29/06/2020 - 16h09 Comarca: Araruna Tags: Araruna, Videoconferência

Juiz da 2ª Vara de Araruna está atendendo advogados e partes por videoconferência

Essa é mais uma ferramenta na mitigação à Covid - 19

De forma simples, dinâmica e segura, o juiz da 2ª Vara Mista da Comarca de Araruna, Rusio Lima de Melo, vem atendendo, desde o início deste mês, os advogados e os jurisdicionados, quando solicitado, por videoconferência. Essa ferramenta é mais uma medida adotada no Cartório para prevenção e controle da contaminação pelo novo coronanvírus (Covid – 19).

De acordo com o magistrado, a ideia surgiu depois que alguns advogados procuraram o Cartório para saber se havia outra ferramenta, além do telefone, para falar com ele, neste tempo de pandemia. “Nisso, imaginei a possibilidade de um atendimento similar ao presencial - vídeo e voz”, disse o juiz, acrescentando que esse método é mais eficaz do que o próprio atendimento pelo celular”.

Para o advogado ou a parte ter acesso ao atendimento on-line, o processo é bastante simples: o interessado entra em contato com o Cartório – através do número institucional - e pede para falar com o juiz. Em seguida, a unidade comunica ao magistrado, que entra no aplicativo Zoom e agenda a reunião. Por fim, é reenviando ao Cartório o link para o interessado entrar e iniciar a conversação.

Rusio de Lima ressaltou, ainda, que o atendimento do juiz ao advogado e partes é ato de grande importância no processo, pois permite que questões, muitas vezes não percebida nos autos, sejam consideradas e compreendidas por ambos, permitindo que haja uma melhor adequação processual.

“Nessa época de pandemia, com restrição das atividades presenciais, a ferramenta digital permite uma comunicação entre os magistrados com os advogados e partes, de forma similar ao tradicional, gerando bons resultados com o atendimento a distância”, observou.

O magistrado destaca alguns dos benefícios do atendimento por videoconferência. “Evita o deslocamento, realiza um atendimento imediato, garante uma interação plena (vídeo e voz), a reunião pode ser gravada na íntegra e não há prejuízo para as partes e advogados no período de pandemia (presencialidade virtual), dentre outros”, disse. 

Uma das primeiras pessoas a utilizar essa opção de atendimento on-line, na 2ª Vara de Araruna, foi a advogada Marlla Barreto. Ela afirmou que se surpreendeu positivamente com a iniciativa. Disse que a plataforma utilizada é de simples acesso e permite um diálogo de forma fácil e fluida. 

“Inclusive, acredito ser de grande importância a extensão dessa via de contato entre advogados e magistrados para além dessa pandemia, uma vez que se mostra muito eficaz e cômoda para ambas as partes, que só se beneficiam com a prática, dando celeridade e simplificando as demandas”, asseverou.

Por Marcus Vinícius/Gecom-TJPB

Compartilhar: Whatsapp
DICOM
Diretoria de Comunicação Institucional
  • imprensatjpb@gmail.com
  • (83) 3216-1611