Conteúdo Principal
Publicado em: 01/10/2014 - 14h08 Atualizado em: 18/11/2014 - 18h23 Tags: GEVID

Tribunal de Justiça da Paraíba apoia a campanha “Outubro Rosa”

Logomarca criada pelo TJPB para a campanha

A Diretoria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça da Paraíba, através da Gerência de Qualidade de Vida, está focado na Campanha “Outubro Rosa”, que tem a intenção de sensibilizar e conscientizar as mulheres servidoras/magistradas, e população em geral, acerca da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O significado da iluminação rosa, adotado no prédio, é compreendido como a união dos povos pela saúde feminina.

No Brasil, o Câncer de mama é a neoplasia que mais mata a população feminina. Somente no ano de 2011, a doença fez 13.225 vítimas segundo os dados do INCA. A doença é relativamente rara antes dos 35 anos, exceto o grupo de alto risco, tendo sua incidência aumentada a partir dessa idade. Pela doença não exibir sintomas evidentes desde seu início e existir um longo período para que se detecte ao exame clínico, o melhor método para diagnóstico precoce com evidente redução da mortalidade e mais possibilidade de tratamento é o rastreamento através da mamografia.

O rastreamento deve ser iniciado a partir dos 50 anos e realizado anualmente, ou a cada 2 anos, até o 69 anos. Todas as mulheres nessa faixa etária têm direito garantido à mamografia bilateral de rastreio sem a necessidade de pedido médico, presença de sintomas ou mesmo de história de câncer na família.

Todas as mulheres devem se submeter ao exame clínico das mamas por profissional de saúde, tendo a garantia assegurada pela lei da mamografia (lei 11.664 de 2009) do direito à mamografia diagnóstica a partir dos 40anos caso haja alguma alteração no exame.

Mulheres com mãe, irmã ou filha que desenvolveram a doença antes dos 50 anos de idade devem realizar a mamografia a partir dos 35 anos uma vez por ano.

Quanto ao tratamento de Câncer de MAMA

A Lei 12.732/12 garante aos pacientes com câncer o início do tratamento em no máximo 60 dias após a inclusão da doença em seu prontuário no SUS. Esse prazo máximo vale para que o paciente passe por uma cirurgia ou inicie sessões de quimioterapia ou radioterapia, conforme prescrição médica.

Faça você também a sua parte e participe da Campanha Outubro Rosa. Dedique um dia para cuidar de seu bem-estar, participe desse movimento e coloque sua vida como prioridade.

Folder com orientações, click aqui:OUTUBRO ROSA

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/134cancer_mama.html
Por Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611