Conteúdo Principal
Publicado em: 10/09/2021 - 07h46 Atualizado em: 10/09/2021 - 10h42 Comarca: Alhandra Tags: Júri, Alhandra

Comarca de Alhandra realizará cinco Júris este mês seguindo os protocolos de segurança

O juiz Antônio Eimar de Lima pautou cinco sessões extraordinárias do Tribunal do Júri na Comarca de Alhandra neste mês de setembro. Os julgamentos ocorrerão no Fórum Manoel Fernandes da Silva. A primeira sessão aconteceu nessa quarta-feira (8), e foi realizada com todos os protocolos de segurança devido a pandemia da COVID-19, como divisórias de acrílico para distanciamento social e testagem rápida para detectar o vírus.

O procedimento de testagem vem sendo realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. “Ressaltamos a importância das medidas preventivas que têm sido adotadas para a realização dos julgamentos, que estão ocorrendo por meio presencial”, observou o magistrado.

O acesso ao Tribunal do Júri é restrito àqueles que de algum modo estão envolvidos na sua realização. Foi solicitado, por meio da gerente da Comarca, Elayne Caetano Pereira da Silva, todos os equipamentos individuais de proteção: máscaras, luvas e álcool em gel. “Bem como há, ainda, na entrada do fórum a verificação de temperatura e tapete higiênico”, acrescentou a servidora.

O primeiro caso analisado foi do Processo nº 0000520-04.2017.815.0411, com o réu Isael Batista da Silva. Ele foi condenado a 13 anos de prisão por ter assassinado Antônio Gomes de Souza, conhecido como ‘Toião’, em 3 de julho de 2017, com uso de arma de fogo. O acusado assumiu o crime afirmando que foi motivado por ciúmes de sua companheira, que teve uma união estável com a vítima.

Por Gabriella Guedes

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611