Conteúdo Principal
Publicado em: 10/11/2020 - 17h29 Atualizado em: 11/11/2020 - 12h02 Comarca: Campina Grande Tags: PJe Criminal, 2ª Vara do Tribunal do Júri, Campina Grande

PJe Criminal: 2ª Vara do Tribunal do Júri de CG digitaliza mais de 97% dos feitos criminais

   

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande, que tem à frente o juiz Horácio Ferreira de Melo Júnior, já digitalizou 97,42% dos processos criminais da unidade na etapa de digitalização da segunda turma referente à expansão do Projeto Digitaliza PJe. O índice foi atualizado no último dia 9 e extraído da aba ‘Digitaliza PJe’, localizada na página do TJPB na internet.
 
De acordo com o magistrado, a meta estabelecia pelo Tribunal de Justiça da Paraíba foi alcançada em apenas 70 dias de trabalho intenso da equipe que integra a unidade judiciária. “O interesse e a dedicação dos servidores foram a logística. Os servidores, mesmo com pautas ordinária e extraordinária de júris para tentar minimizar o período da pandemia, não mediram esforços para a digitalização. Cada um vestiu a camisa com garra e vontade de servir ao Judiciário”, enfatizou o juiz Horácio Ferreira, ao destacar o esforço da equipe.

Além disso, conforme afirmou, todos os processos criminais digitalizados desde o início dos trabalhos já foram migrados para o Sistema PJe, com exceção dos que estão em grau de recurso no âmbito do 2º Grau do TJPB. O processo de digitalização na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campina Grande teve início em agosto deste ano, já que a unidade integrou a segunda turma relativa à expansão do projeto.

“O principal desafio foi enfrentar a digitalização sem um aprendizado prévio. Os servidores foram se aprimorando com o passar dos trabalhos. As principais vantagens do Sistema PJe são o princípio do fim do papel, a celeridade processual e cumprimento dos atos processuais e a tranquilidade de exercer e cumprir o andamento do processo em qualquer hora ou lugar. O PJe é, na verdade, o futuro, atrelado a virtualização. Os atos são mais céleres e, com isso, ganha o jurisdicionado”, analisou o juiz Horácio Ferreira.

Digitaliza - Desde o mês de julho deste ano, por meio do Projeto ‘Digitaliza’, o Tribunal de Justiça da Paraíba deu início à digitalização dos feitos físicos criminais no âmbito do 1º Grau para posterior migração ao Sistema do Processo Judicial eletrônico (PJe).

Por Celina Modesto / Gecom-TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611