Conteúdo Principal
Publicado em: 07/12/2022 - 17h09 Tags: Pesquisa, Assédio, Discriminação

TJPB participa de pesquisa do CNJ para fomentar políticas de prevenção e enfrentamento ao assédio e discriminação

O Tribunal de Justiça da Paraíba participa da pesquisa nacional promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com a finalidade de levantar dados relativos à Política de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, do Assédio Sexual e da Discriminação, instituída pela Resolução CNJ n. 351/2020. Para isso, será enviado comunicado aos e-mails institucionais de magistrados, servidores e colaboradores solicitando a contribuição de todos na participação da enquete.

A pesquisa, que teve início nessa segunda-feira (05), se estende até o dia 19 de dezembro de 2022, com preservação do anonimato dos respondentes. Ela não possui caráter punitivo, nem investigativo, destinando-se à obtenção de dados para balizar o aperfeiçoamento da política judiciária e para o acompanhamento, por parte do CNJ, das medidas adotadas pelos órgãos do Poder Judiciário, como justificou o Conselho Nacional de Justiça.

O comunicado do TJPB segue orientação da Coordenadoria do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral e do Assédio Sexual e da Discriminação do Poder Judiciário. “As respostas obtidas serão fundamentais para o direcionamento das próximas ações deste Comitê a fim de promover o ambiente de trabalho respeitoso e saudável no Poder Judiciário”, conforme documento enviado pelo CNJ à Presidência do Tribunal de Justiça.

O acesso à pesquisa será feito por meio do endereço eletrônico: https://formularios.cnj.jus.br/pesquisa-nacional-sobre-assedio-e-discriminacao-no-ambito-do-poder-judiciario-2022/, com o código constante no e-mail institucional.

Por Lila Santos

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611