Conteúdo Principal
Publicado em: 14/10/2021 - 19h54 Atualizado em: 14/10/2021 - 20h26 Tags: Adoção, Regimento, concurso

Ceja aprova minutas de Regimento Interno e de edital de concurso de redação sobre adoção

Captura da tela da reunião da CELA
Reunião da CEJA para concurso de redação sobre adoção

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja) da Corregedoria Geral de Justiça está prestes a ganhar um Regimento Interno. A minuta do documento foi aprovada pelos membros do órgão durante reunião realizada na manhã desta quinta-feira (14). Na ocasião, também foi aprovada a minuta do edital do concurso de redação sobre adoção, que será realizado ainda este ano, em escolas públicas e particulares do Estado.

Para o corregedor-geral de Justiça, desembargador Fred Coutinho, trata-se de um dia histórico para a Ceja, em virtude da aprovação do regimento, após 27 anos de existência do órgão.

“Estou feliz por esta contribuição que estamos dando, definindo as diretrizes do que deve ser feito pelo órgão, de forma regimental. Todos nós estamos de parabéns por esta marca. Que os próximos gestores venham e tragam as adaptações de cada época, mas partindo do alicerce que construímos”, afirmou o corregedor. Após a última redação, a minuta seguirá para aprovação do Pleno do TJPB.

Quanto ao concurso de redação com o tema ‘Adoção’, a secretária administrativa da Comissão, Ana Cananéa, explicou aos presentes o passo a passo do processo e os termos do edital. Os membros votaram pela abrangência da ação em escolas de todo o Estado, diante da possibilidade de encaminhamento das redações de forma eletrônica.

“Com o concurso, estimulamos a reflexão do tema entre os alunos, a fala e a escrita sobre o assunto. Neste contexto, surgem revelações de histórias de crianças que são adotadas e tudo isso contribui para que eles desmistifiquem preconceitos e elaborem uma nova ideia a respeito”, declarou Ana Cananea sobre a importância da iniciativa.

As redações deverão ser confeccionadas de forma manuscrita, escaneada, com o arquivo correspondente enviado em formato PDF para a Ceja. A minuta do edital prevê que o texto poderá ser dissertativo, narrativo, descritivo ou poético, com o mínimo de 20 linhas e o máximo de 25.

O edital deverá ser publicado no Diário da Justiça eletrônico desta sexta-feira (15), data em que será feito o encaminhamento às escolas. Já as redações, poderão ser enviadas até o dia 16 de novembro.

Também participaram da reunião o juiz corregedor Fábio Araújo (secretário executivo da Ceja), o diretor da CGJ, Fernando Antério, o magistrado Adhailton Lacet (titular da 1ª Vara da Infância e Juventude da Capital), a promotora corregedora Anne Emanuelle Malheiros; Daniela Menezes (assistente social do TJPB) e a equipe técnica da Ceja, Januária Porto, Ana Francisca, Alcieda Cavalcanti, Cleide Márcia Cavalcante e Dinah Rodrigues.

Por Gabriela Parente

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611