Conteúdo Principal
Publicado em: 14/06/2024 - 15h38 Atualizado em: 15/06/2024 - 14h08 Tags: STF, Barroso, Visita

Presidente do STF visita TJPB e ressalta importância do Judiciário como um serviço público

Barroso
Ministro Barroso conhecendo o Salão Nobre do Palácio

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luís Roberto Barroso, visitou o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), nesta sexta-feira (14), onde foi recebido pelo presidente do TJPB, desembargador João Benedito da Silva, desembargadores e juízes. O presidente do Judiciário Estadual externou a relevância da presença do ministro, que veio a João Pessoa para um encontro do programa ‘Diálogos da Magistratura’.

“Receber o ministro Luís Roberto Barroso, que é presidente do Supremo Tribunal Federal, é uma honra sempre para nós. O ministro sempre está disponível ao diálogo, e veio exatamente para dialogar com a magistratura paraibana, como parte do programa Diálogos da Magistratura. A Paraíba é o terceiro estado onde ele participa desse programa juntamente com o presidente da Associação de Magistrados Brasileiros. Aqui, com o apoio da Associação dos Magistrados da Paraíba. Então, essa é uma conversa que ele tem com a magistratura, sempre com o sentido de melhorar a qualidade de interação entre magistrados e o gestor do nosso mais alto Poder”, pontuou.

Barroso
Barroso se reuniu com desembargadores e juízes no TJ

O ministro Luís Roberto Barroso, durante a visita, ressaltou a importância do Judiciário como um serviço público. “Eu tenho muito prazer em estar aqui no Tribunal de Justiça da Paraíba. Eu gosto muito de ouvir. Dizem que a melhor maneira de conhecer os outros é ouvindo, ouvir os juízes, desembargadores, e saber os problemas e estreitar laços. A Justiça não é propriamente um poder ou só um poder, a Justiça é um serviço que se presta à sociedade. De modo que a minha obsessão é melhorar a qualidade da Justiça e trabalhar para recrutar os melhores profissionais para serem juízes e enfrentar as distorções que muitas vezes existem na cúpula, e dá as motivações adequadas para os juízes que estão em meio de carreira. Os juízes são recrutados no mesmo ambiente que são recrutados os advogados, os defensores e os membros do Ministério Público. Portanto, eles têm que ser competitivos porque ninguém quer recrutar maus juízes”, enfatizou.

Barroso
Estudantes lotaram auditório para ouvir o presidente do STF

Antes da visita ao TJPB, o presidente do STF também esteve no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros, no bairro de Mangabeira, para proferir uma palestra para estudantes do ensino fundamental e médio de escolas públicas de João Pessoa. 

“Eu tenho tentado viajar pelo país e eu visito os Tribunais, converso com os juízes e na parte da manhã eu geralmente visito uma escola pública de educação básica e converso com os alunos, faço uma apresentação motivacional sobre a vida, conto um pouco da minha história e depois falo sobre valores, sobre a importância do conhecimento no mundo contemporâneo, a importância do desejo de progredir ou com o de elevação de autoestima. Ninguém é melhor do que ninguém, a gente deve escolher os sonhos que quer realizar e ir buscar, a gente consegue realizar muitos, aprender a lidar com os que a gente não consegue realizar, porque nenhuma vida completa é feita só de vitórias”, explanou.

Barroso
O ministro foi presenteado com um livro que conta a história do Palácio da Justiça da Paraíba

E o presidente do STF e do CNJ, Luís Barroso, conseguiu motivar os estudantes. Um deles é Vinícius Sousa, de 17 anos, do 3º ano do ensino médio. “Eu achei a palestra inspiradora. De início eu não tinha muita ideia do que ia acontecer durante a palestra, mas com o tempo eu fui percebendo que ele estava falando sobre coisas do meu dia a dia. Porque eu vi muitas situações do cotidiano dele que já aconteceu no meu, principalmente sobre essa questão de reconhecer limites, que foi uma coisa que ele deixou bem claro durante a palestra, que ele sempre teve muitas dúvidas do que ele queria ser, e como agora eu estou finalizando o ensino médio, é uma coisa que passou muito pela minha cabeça. Qual era o curso que eu queria cursar? Qual era a faculdade? Se eu ia fazer realmente uma faculdade ou não? A palestra contribuiu muito para o meu conhecimento pessoal”, afirmou.

Diálogos da magistratura - É uma iniciativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e recebe o apoio da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) e do Tribunal de Justiça do Estado (TJPB). O presidente da AMB, Frederico Mendes Júnior, falou sobre os objetivos desse diálogo.

Barroso
Desembargadores do TJPB com o presidente do STF

“É uma campanha, um projeto, desenvolvido pelo CNJ, juntamente com a AMB, de visita do presidente do Supremo Tribunal Federal a todo o país, a toda a magistratura, à base da magistratura. A ideia é que o presidente do Supremo Tribunal Federal possa visitar os estados, encontrar com aquele juiz que está lá na ponta, na cidade mais distante, que é aquele primeiro contato do cidadão com o Judiciário para conversar com ele, para dialogar, ouvir seus problemas, suas angústias e como tornar o Judiciário melhor. Essa, me parece, é a intenção de todos que trabalham, presidentes de Tribunais, desembargadores e juízes”, salientou.

E o presidente da AMPB, juiz Alexandre Trineto, destacou que esse é o momento para um diálogo produtivo com o ministro Luís Barroso. “A expectativa é que, de fato, a gente possa ter essa conversa franca, essa conversa aberta, ele já se mostra uma pessoa simpática. E isso nos ajuda a ficarmos à vontade, para podermos dialogar com o mesmo e construir um Judiciário na perspectiva de sempre e prestar um serviço melhor a toda a sociedade”, concluiu.

Por Nice Almeida 

 

Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
-
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
Barroso
-
-
-
-
-
-
-
GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611