Conteúdo Principal
Publicado em: 15/09/2022 - 17h46 Tags: Coordenadoria da Mulher, Mulher, Violência, Combate

21ª Semana da Justiça pela Paz em Casa teve 651 audiências de instrução e julgamento na Paraíba

selo da violência contra a mulher

A realização da 21ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, ocorrida no período de 15 a 19 de agosto deste ano, trouxe resultados frutíferos no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher na Paraíba. No período foram realizadas, pelos juízes e juízas com competência na matéria, 651 audiências de Instrução e julgamento, quantitativo este maior, desde a 1ª edição do evento, com a participação do Tribunal de Justiça da Paraíba, como realçou a juíza Anna Carla Falcão, coordenadora da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJPB.

A magistrada enfatizou, também, a maior ocorrência de audiências preliminares na história do judiciário paraibano, durante a 21ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, possibilitando, assim, as vítimas se manifestarem sobre o desejo de ratificarem ou não a representação ofertada contra os supostos autores dos crimes.

“Esses resultados nos conforta, diante do crescente aumento de casos de violência contra a mulher. Infelizmente, muitas vítimas, por uma questão de continuarem no ciclo da violência, não confirmam a representação e, assim, esses processos são arquivados”, comentou a magistrada.

Ela registrou que, contudo, outras mulheres ratificam a representação, sendo dado vista do processo ao representante do Ministério Público estadual, o qual, verificando o preenchimento dos requisitos legais, oferta a denúncia contra o agressor, iniciando-se, assim, a ação penal.

Adesão – Anna Carla Falcão destacou a existência do "Selo de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher", lançado na ocasião da abertura da Semana da Justiça pela Paz em Casa, afixado por parte dos diversos estabelecimentos comerciais que aderiram à causa.

De acordo com a magistrada, aos que queiram aderir, podem procurar a Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, localizada na sede do Anexo Administrativo do TJPB, Centro da Capital. O Selo possibilita uma maior conscientização por parte de todos os cidadãos e coloca a população como um todo em estado de alerta, na tentativa de proteger as vítimas de violência contra a mulher em todo o estado, como observou Anna Carla Falcão.

“Cada dia mais, o Tribunal de Justiça da Paraíba tem se voltado ao enfrentamento do problema e buscado alternativas para imprimir celeridade às demandas relacionadas à problemática”, frisou a coordenadora da Mulher do TJPB.

Por Lila Santos

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611