Conteúdo Principal
Publicado em: 25/02/2021 - 19h02 Atualizado em: 26/02/2021 - 11h48 Comarca: João Pessoa Tags: Reunião, ESMA, curso sobre violência doméstica

Esma prepara curso sobre violência doméstica durante comemorações ao 8 de março

Na tarde desta quinta-feira (25), o diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), desembargador Ricardo Vital de Almeida, se reuniu com os coordenadores acadêmicos e adjuntos da instituição de ensino das unidades de João Pessoa e Campina Grande para traçar ações estratégicas que resultem em promover a formação inicial e continuada de magistrados e servidores do Poder Judiciário estadual. O encontro foi transmitido virtualmente através da ferramenta Zoom. 

A primeira definição foi a reedição do curso sobre Violência Doméstica e o papel do Oficial de Justiça, e um para o servidor de cartório, com o módulo “Desafios no atendimento às vítimas”. Os certificados emitidos pela Esma podem ser utilizados para fins de promoção funcional do servidor. A formação será organizada pela juíza Graziela Queiroga. “A primeira edição do curso teve uma boa aceitação entre os oficiais de justiça e ampliarmos aos servidores de cartório trará melhorias na qualidade da prestação jurisdicional ao público que precisa dos nossos serviços”, observou a magistrada. As inscrições e a capacitação ocorrerão no mês março, marcando as comemorações ao Dia Internacional da Mulher.

Acontecerá também um webnário no dia 8 de março organizado pela magistrada Graziela Queiroga sobre o Dia Internacional da Mulher, voltado para a sociedade e transmitido pelo youtube. Haverá uma mesa de debates com os grupos da Rede de Proteção à Mulher, com a temática sobre a luta das mulheres e as conquistas dos seus direitos.

Outro ponto trazido pelo desembargador Ricardo Vital foi a necessidade de retomar o Curso de Preparação à Magistratura (CPM), tanto em João Pessoa quanto em Campina Grande. “Vamos unir as turmas e trabalhar de forma virtual, respeitando todos os protocolos de segurança em prevenção ao Covid-19”, ressaltou o diretor. Também foi debatida a necessidade de ajustar a grade curricular do CPM, que terá uma definição para a turma de 2021.2.

Por último, será divulgado a partir de segunda-feira (1º de março), por e-mail e pelo aplicativo Whatsapp, um formulário sobre o ‘Levantamento da necessidade de cursos para a Esma 2021’. “O objetivo é a participação maciça de servidores e magistrados nas repostas ao questionário para termos um perfil completo dos cursos que atraiam mais interessados à nossa Escola”, explicou o juiz Antônio Silveira Neto, diretor adjunto da Esma.

Participaram da reunião os juízes Nilson Dias de Assis Neto, Manuel Maria, Fabricio Meira Macedo, Thana Michelle Carneiro Rodrigues, Graziela Queiroga e Silmary Alves de Queiroga Vita e os servidores Daiane Firino, Larissa Alcoforado e Margareth.

Designações – No início do mês, o desembargador Ricardo Vital designou os coordenadores acadêmicos e adjuntos para o biênio 2021/2022. Conforme o ato, a juíza Silmary Alves de Queiroga Vita é a coordenadora Acadêmica de Formação Inicial e Continuada de Magistrados e a magistrada Graziela Queiroga Gadelha de Sousa é a coordenadora Acadêmica de Formação Inicial e Continuada de Servidores.

Para a Coordenação Acadêmica de Extensão foi designada a juíza Leila Cristiani Correia de Freitas e Sousa. O Curso de Preparação à Magistratura (CPM) na Unidade I, em João Pessoa, tem como coordenadores os magistrados Renata da Câmara Pires Belmont (coordenadora) e Manuel Maria Antunes de Melo (coordenador adjunto).

Na Unidade II do CPM, em Campina Grande, as juízas designadas pelo diretor da Esma foram: Ana Christina Soares Penazzi Coelho (coordenadora) e Thana Michelle Carneiro Rodrigues (coordenadora adjunta). Já a Coordenação de Ensino a Distância tem os juízes Fabrício Meira Macedo (coordenador) e Nilson Dias de Assis Neto (coordenador adjunto).

Por Gabriella Guedes e Marcus Vinícius/Gecom/TJPB

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611