Conteúdo Principal
Publicado em: 27/10/2021 - 13h39 Atualizado em: 27/10/2021 - 18h42 Comarca: João Pessoa Tags: Coordenadoria da Mulher, Violência, Maria da Penha

Juíza debate fluxo de ações integradas com Patrulha Maria da Penha

Foto de mulheres em reunião sobre violência doméstica
Representantes de órgãos públicos debatem ações contra violência doméstica

Uma das coordenadoras da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça da Paraíba, juíza Anna Carla Falcão da Cunha Lima Alves, participou de uma reunião presencial na Sede da Coordenação Especializada da Mulher, que funciona na Central de Polícia, localizada em João Pessoa. O objetivo desse encontro com várias autoridades da rede de proteção à mulher no Estado, foi fortalecer os fluxos de ações integradas entre o Poder Judiciário estadual, as delegacias e o Programa Patrulha Maria da Penha, visando aperfeiçoar o atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica que possuem medidas protetivas.

“Entre os pontos de pauta trazidos à mesa, dialogamos sobre as intervenções conjuntas, nos casos de crimes de descumprimento das medidas protetivas. Também reforçamos o atendimento de forma integrada, com os atores envolvidos na rede de enfrentamento à violência contra a mulher em todo o Estado”, comentou Anna Carla. A juíza disse, ainda, que esses encontros de trabalho são muito positivos e os resultados práticos sempre acontecem, a exemplo da redução dos índices de violência contra a mulher.

De acordo com a coordenadora estadual do Programa Integrado Patrulha Maria da Penha, Mônica Brandão, sempre que há necessidades, os representantes desses órgãos se reúnem para fortalecerem, ainda mais, os mecanismos de defesa dos direitos da mulher em situação de violência. “Na Paraíba, temos uma peculiaridade, que é justamente uma rede de enfrentamento em defesa das vítimas de violência doméstica. Nessa rede existem representantes de vários órgãos e isso permite um diálogo constante com esses atores, para um melhor acompanhamento das mulheres”, pontuou.

Além da magistrada do TJPB e da coordenadora da Patrulha Maria da Penha, participaram da reunião, a delegada da Polícia Civil e coordenadora especializada da Mulher, Renata Matias; a gerente de Equidade de Gênero da Secretaria Estadual da Mulher e Diversidade Humana, Joice Borges; a comandante da Patrulha Maria da Penha, em João Pessoa, capitã da Polícia Militar Gabriela Jácome; e a advogada e coordenadora da equipe técnica da Patrulha Maria da Penha, Aline Alencar.

Por Fernando Patriota

 

 

GECOM - Gerência de Comunicação
  • Email: comunicacao@tjpb.jus.br
  • Telefone: (83) 3216-1611